Thiago Camilo tem efeito suspensivo para etapa da Argentina

Piloto que largaria na última posição em Buenos Aires, por ter sido considerado culpado por acidente na corrida 2 de Londrina, não terá efeito da punição imediato

Thiago Camilo foi considerado culpado pelo acidente logo na largada da corrida 2 da etapa de Londrina da Stock Car, no dia 10 de setembro. Como punição, ele teria que sair da última posição na primeira bateria da etapa de Buenos Aires, quando a categoria volta à Argentina depois de 10 anos.

Mas, nesta quinta-feira ele recebeu uma boa notícia. A Comissão Disciplinar de Justiça Desportiva da CBA, por meio da relatora Dra. Darlene Bello da Silva Said, acolheu o recurso do piloto e concedeu efeito suspensivo à punição aplicada a Camilo pelo acidente.

Com isso, ele correrá normalmente no dia 1° de outubro, mas ainda aguarda a decisão final do juri.
Atualmente, Camilo está a 13 pontos atrás de Daniel Serra no campeonato. Os dois são os maiores favoritos ao título. Terceiro, Átila Abreu está a 32 pontos de Camilo e a 45 de 'Serrinha' na tabela.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Pilotos Thiago Camilo
Tipo de artigo Últimas notícias