Tuka Rocha é assaltado a caminho de aeroporto e desabafa

Piloto iria embarcar para passar o Ano-Novo com os familiares nos Estados Unidos, mas foi surpreendido por quatro assaltantes na Marginal Tietê, em São Paulo

O piloto da Stock Car Christiano Tuka Rocha levou um grande susto na noite do último domingo. Com voo marcado para os Estados Unidos, Tuka Rocha foi assaltado a caminho do Aeroporto de Guarulhos, na Marginal Tietê, e teve que correr para conseguir embarcar a tempo de passar o Ano-Novo com a sua família. Ele conseguiu um passaporte de emergência e viajará nesta quarta-feira.  

Em relato ao Motorsport.com, o piloto contou que estava no banco de passageiro quando dois pneus do carro estouraram ao atingir um objeto na pista expressa da Marginal. Ao encostar o carro para ver o que tinha acontecido, ele e o amigo que o levava ao aeroporto foram surpreendidos por quatro assaltantes armados logo após a Ponte Domingos Fraciulli Netto, na Penha.

“Eles levaram tudo. Mala, dólares que lavaria para os Estados Unidos, relógio, ipad, capacete, macacão”, contou Tuka, que também teve o passaporte com o visto roubado. “Tinha renovado há pouco tempo e estava tudo em uma pastinha. Agora estou esperando o visto para ver se consigo embarcar até amanhã (quarta)”, contou, antes de ter sucesso na tentativa.

Para Tuka Rocha, pior que o prejuízo material e o risco de passar o Ano-Novo longe da família foi o susto. “É um descaso total. Por isso que o pessoal está indo morar fora”, disse o piloto, citando amigos como Rubens Barrichello e Emerson Fittipaldi.

O piloto já tinha compartilhado com amigos um desabafo no Facebook no qual alertava sobre o ocorrido. “Esse sou eu me achando um burro hoje por ter descido do carro, agora sem passaporte, sem visto e talvez não podendo mais passar o final de ano com a família. Esse é o nosso Brasil. Cuidado quem vai para o aeroporto de Guarulhos”, escreveu.

Como ensinamento do incidente, Tuka Rocha diz: “mesmo se baterem em você no trânsito, não sai do carro”. O carro do piloto era blindado e ele acredita que ter continuado dentro dele poderia ter evitado o assalto.

O Motorsport.com entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar para mais informações sobre assaltos na região em que Tuka Rocha foi surpreendido, mas não obteve resposta até a publicação da reportagem.  

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias