Valdeno vence em Cascavel em prova marcada por pneus estourados

Piloto da Shell Racing dá um salto no campeonato após concorrentes sofrerem com os pneus; paraibano agora é o quarto na temporada

Pela segunda vez do ano, o paraibano da Shell Racing vence uma etapa da Stock Car na temporada 2012. Partindo de quarto e tendo uma tocada tranquila, poupou os pneus e levou seu carro à vitória em Cascavel, cidade do oeste Paranaense. Júlio Campos foi o segundo e Allam Khodair o terceiro. Átila Abreu, o pole e que teve um pneu furado, fez grande corrida de recuperação e conseguiu terminar em quarto. Seu companheiro de equipe, Nonô Figueiredo, fechou o top-5.

Mas o grande problema da corrida foram os pneus furados, que assolaram mais da metade do grid, já que, como a corrida foi muito veloz e com curvas rápidas, os pneus do lado direito sofreram com superaquecimento e estouravam.

"Foi um resultado fantástico, para mim e para a equipe. Foi a nossa segunda vitória e esta foi muito especial. Primeiro, porque foi em uma pista de altíssima velocidade, bastante desafiadora para os pilotos, onde a Stock Car não corria há 20 anos. E também foi uma conquista que mostrou a alta eficiência da equipe Shell Racing, que soube ajustar um carro rápido e ao mesmo tempo conseguindo conservar os pneus", disse Valdeno Brito

Corrida:

Na largada, Júlio Campos pulou na frente e ganhou a segunda colocação de Daniel Serra. No pelotão de trás, muitos pilotos saíram da pista no Bacião, a curva mais desafiadora da pista.

Na volta dois, antes da curva que dá acesso à reta, Daniel Serra usou o botão de ultrapassagem e retomou a segunda colocação; Ainda no início, Xandinho Negrão era o primeiro piloto a visitar os boxes com um pneu furado.

Momentos depois, ambos os pilotos da Itaipava Racing David Muffato e Luciano Burti tiveram problema de pneu. Após eles, Ricardo Mauricio, Ricardo Sperafico eram os seguintes com problemas.

Na sequencia, Popó Bueno era o próximo a ter o pneu traseiro esquerda furado. Logo depois, foi a vez de Átila Abreu quem teve um pneu furado, perdendo a liderança. Quando o piloto da Mobil retornava aos pits, Giuliano Losacco rodava no meio da pista, também com pneu furado e ficava perigosamente parado na pista. Muitos conseguiram desviar, mas Eduardo Leite não teve tempo de evitar o acidente e acertou em cheio o carro do bicampeão. Com muitos destroços na pista, o safety car foi chamado à pista para resgatarem os destroços; com os pilotos, tudo ok.

A relargada se deu na volta 14. Júlio Campos era o primeiro, Daniel Serra o segundo e Valdeno Brito o terceiro.

Na volta 17, Valdeno Brito assumiu a segunda colocação após ultrapassar Daniel Serra. No mesmo instante, Cacá Bueno, o quarto colocado, perdia a traseira de seu carro, novamente com um pneu furado, e dava adeus a prova.

Com 20 voltas de prova, Allam Khodair, que vinha muito rápido, fez grande ultrapassagem em cima de Daniel Serra e assumiu a terceira colocação. Na 22ª passagem, Valdeno Brito, com um carro muito bom, assumia a ponta ao ultrapassar Júlio Campos.

Cacá Bueno tentou retornar à pista, mas na saída de boxe, levou uma mangueira de presa em seu aerofólio. Cinco voltas atrás, Cacá ficou bastante nervoso com a equipe em conversa via rádio.

No pelotão intermediário, várias brigas de posição aconteciam; Átila Abreu voltava a escalar o pelotão, Antonio Pizzonia subia bastante e Galid Osman e Max Wilson lutavam ferrenhamente.

Átila escalava o pelotão de forma incrível e já ocupava a sexta colocação com 5 minutos para o fim de prova. Em sua frente, Nono Figueiredo, seu companheiro de equipe, lutava com unhas e dentes para manter a quarta posição com Átila.

Nos momentos finais da corrida, Valdeno Brito trouxe o carro para casa e venceu a prova de Cascavel.

A próxima etapa da Stock Car será dia 30 de setembro no autódromo de Tarumã, Rio Grande do Sul.

O resultado da 8ª etapa da Stock Car:

1 - Valdeno Brito - Shell Racing - Peugeot - 37 voltas em 41min57s669
2 - Julio Campos - Carlos Alves Comp. - Peugeot - a 4s270
3 - Allam Khodair - Vogel Motorsport - Chevrolet - a 6s102
4 - Átila Abreu - Mobil Super Pioneer Racing - Chevrolet - a 12s958
5 - Nonô Figueiredo - Mobil Super Pioneer Racing - Chevrolet - a 14s595
6 - Max Wilson - Eurofarma RC - Chevrolet - a 15s293
7 - Galid Osman - BMC Racing - Chevrolet - a 16s878
8 - Duda Pamplona - Officer ProGP - Chevrolet - a 20s007
9 - Vitor Meira - Officer ProGP - Chevrolet - a 21s083
10 - Lico Kaesemodel - RCM Motorsport - Chevrolet - a 21s959
11 - Diego Nunes - Hot Car Competições - Chevrolet - a 22s839
12 - Felipe Maluhy - Medley Full Time - Peugeot - a 27s979
13 - Rodrigo Sperafico - Prati-Donaduzzi Racing - Peugeot - a 29s152
14 - Pedro Boesel - Comprafacil Nascar JF - Peugeot - a 30s187
15 - Tuka Rocha - BMC Racing - Chevrolet - a 31s364
16 - Thiago Camilo - RCM Motorsport - Chevrolet - a 1 Volta
17 - Daniel Serra - Red Bull Racing - Chevrolet - a 1 Volta
18 - Patrick Gonçalves - Carlos Alves Comp. - Peugeot - a 1 Volta
19 - Ricardo Mauricio - Eurofarma RC - Chevrolet - a 1 Volta
20 - David Muffato - Itaipava Racing Team - Peugeot - a 1 Volta
21 - Xandinho Negrão - Medley Full Time - Peugeot - a 1 Volta
22 - Ricardo Zonta - Linea Sucralose - Chevrolet - a 2 Voltas
23 - Popó Bueno - Linea Sucralose - Chevrolet - a 3 Voltas
24 - Luciano Burti - Itaipava Racing Team - Peugeot - a 4 Voltas
25 - Cacá Bueno - Red Bull Racing - Chevrolet - a 4 Voltas

Não completaram:
Antonio Pizzonia
Denis Navarro
Giuliano Losacco
Eduardo Leite
Ricadro Sperafico

Campeonato:

1 - Cacá Bueno - 115
2 - Ricardo Maurício - 112
3 - Daniel Serra - 99
4 - Max Wilson e Valdeno Brito - 94
6 - Átila Abreu - 92
7 - Thiago Camilo - 91
8 - Julio Campos - 87
9 - Nonô Figueiredo - 85
10 - Allam Khodair - 82
11 - Luciano Burti - 72
12 - Lico Kaesemodel - 57
13 - Marcos Gomes - 56
14 - Galid Osman - 55
15 - Denis Navarro - 51
16 - Duda Pamplona - 51
17 - Diego Nunes - 44
18 - Antônio Pizzonia - 42
19 - David Muffato e Ricardo Sperafico - 35
21 - Ricardo Zonta - 33
22 - Xandinho Negrão e Pedro Boesel - 31
24 - Rodrigo Sperafico - 30
25 - Felipe Maluhy e Vitor Meira - 28
27 - Popó Bueno e Tuka Rocha - 20
29 - Eduardo Leite - 10
30 - Alceu Feldmann - 9
31 - Giuliano Losacco - 7
32 - Patrick Gonçalves - 4
33 - Diego Freitas - 3
34 - Bruno Junqueira - 2

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias