Vencedor em último ato da Red Bull, Serra vibra: "excelente"

Com limpador quebrado, piloto fica na pista e comemora tática vitoriosa em Interlagos: “não escreveríamos um final melhor”

Daniel Serra estava ‘na seca’ desde a etapa de Curitiba, disputada no mês de maio de 2015. O piloto da Red Bull Racing bateu várias vezes na trave neste último ano e meio, mas por azares e más performances de seu carro, a vitória nunca chegava.

No entanto, o destino foi bom com o piloto do carro 29, que viu sua primeira vitória de 2016 chegar de maneira “sensacional” neste domingo (11) em sua última corrida pela equipe Red Bull Racing e pela estrutura de Andreas Mattheis.

No ano que vem, Daniel Serra irá para a equipe Eurofarma RC. Ele termina também uma parceria de dez anos com a Red Bull, que se despede da Stock Car como anunciante.

“É sensacional. Se a gente pudesse escrever um final, não daria para escrever melhor”, disse Serra ao Motorsport.com em Interlagos.

“É muito bom para me despedir de um time que estou há oito anos, e da Red Bull que é minha patrocinadora há dez. Nem sei como acabamos no campeonato (o piloto foi o quarto, com 229 pontos), mas terminar com uma vitória em um ano difícil - onde tivemos altos e baixos – é excelente.”

“Essa chuva só nos ajudou. Seria bem complicado ganhar no seco. Adotamos a estratégia certa, ficamos na pista. Meu limpador não funcionava, na hora que chovia muito eu não conseguia enxergar. Estou muito feliz, não tinha como ter outro final com essa equipe e com este meu parceiro.”

“Não dava para pedir para terminar de outro jeito e mais ainda com meu filhão no pódio. Foi o meu primeiro pódio com ele, então estou muito contente.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Interlagos II
Pista Interlagos
Pilotos Daniel Serra
Tipo de artigo Últimas notícias