Vencedor pela primeira vez, Foresti revela ‘tática suicida’

Piloto da AMG afirma que pensava somente na vitória na primeira corrida sacrificando a segunda prova

Foi um dia memorável para Lucas Foresti. Em seu segundo ano completo na Stock Car, o piloto do carro 12 conquistou a primeira vitória de sua carreira na maior categoria do automobilismo brasileiro. Foi também a primeira vitória do ano para a equipe AMG, que tem enfrentado temporada complicada.

Falando após a corrida, ele revelou sua estratégia de ser rápido antes do pit stop da corrida 1 para trocar apenas um pneu e ter de voltar aos pits na segunda prova. Deste modo, tirou o triunfo do líder até então, Thiago Camilo.

“A estratégia do time era manter o ritmo depois da largada. Faríamos um pit stop bem rápido para conseguirmos a vantagem. Saímos na liderança e não acreditei.”

“Falei: ‘agora tenho de acabar a corrida aqui’. Eles fizeram a parte deles e eu fiz a minha. Foi a primeira vitória da temporada, a minha primeira vitória.”

“Foi um grande resultado, o primeiro lugar. Foi fenomenal o final de semana. O time está de parabéns. E depois de todo este trabalho, conseguimos mostrar resultados.”

O piloto, que chegou a atuar na World Series em 2013, diz que só pensa em Stock Car atualmente. “Agora que estou pegando a mão do carro, tenho de me dedicar mais a isso.”

“Só voltaria para a Europa se tivesse um patrocínio. Nem penso nisso. Só voltaria de fosse para a F1. Mas isso está fora do nosso pensamento.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Curitiba 3
Sub-evento Domingo
Pista Autodromo Internacional de Curitiba
Pilotos Lucas Foresti
Tipo de artigo Últimas notícias