Red Bull cogita enviar jovens pilotos à Super Fórmula

compartilhar
comentários
Red Bull cogita enviar jovens pilotos à Super Fórmula
22 de ago de 2018 18:20

A Red Bull cogita colocar dois dos pilotos de seu programa júnior na Super Fórmula japonesa na próxima temporada, afirmou o conselheiro da empresa, Helmut Marko.

Pierre Gasly correu na categoria japonesa no ano passado e chegou perto de conquistar o título – ele ficou com o vice por apenas meio ponto, sendo que a rodada final foi cancelada devido a um tufão.

Marko afirmou em outro momento neste ano que a passagem de Gasly pelo Japão foi “absolutamente essencial” para fazer com que o piloto amadurecesse em um ambiente desconhecido, sendo que o próprio francês disse que a experiência ajudou a trabalhar com os mecânicos japoneses da Honda.

Classificando a Super Fórmula como uma “categoria mais competitiva que a F2”, Marko disse que gostaria de ver mais protegidos da Red Bull correndo no Japão.

“Fomos atraídos pela performance de Pierre Gasly na Super Fórmula no ano passado”, disse Marko ao site oficial da categoria japonesa. “Ele se desenvolveu tanto como pessoa como piloto enquanto esteve no Japão. E, ao vir ao Japão, ele ganhou muita confiança e cresceu muito.”

“Então, é por isso que eu queria vir e dar uma olhada na Super Fórmula em primeira pessoa. E também no novo carro que virá na próxima temporada, que terá ainda mais pressão aerodinâmica e será mais rápido que o atual.”

“Tudo isso nos faz considerar trazer dois pilotos da Red Bull à Super Fórmula na próxima temporada. Sentimos que a Super Fórmula é uma categoria mais competitiva do que a F2.”

Marko disse que já começou as conversas com o chefe da Honda, Masashi Yamamoto, e planeja dar continuidade às negociações durante o GP do Japão, em outubro.

“Ainda não chegamos muito longe. Apenas começamos a falar com Yamamoto sobre isso. Também falarei com Yamamoto mais profundamente perto do GP do Japão.”

Ticktum é um dos candidatos

A Red Bull considera Dan Ticktum como um potencial substituto a Brendon Hartley na Toro Rosso, apesar de a falta de pontos para a superlicença signifique que ele precise passar mais uma temporada em categorias de base.

Ticktum participou de duas provas da Super Fórmula no início do ano e afirmou etar aberto a fazer uma temporada completa no ano que vem, quando a categoria estreará seu novo carro, o SF19, que deve reduzir o déficit para a F1.

“Para ser honesto, ainda não sei do plano 100%”, disse Ticktum, em maio, quando questionado sobre sua situação para 2019. “Eu posso estar em qualquer lugar: F2, aqui, F1, não sei.”

“Mas o importante para mim é estar preparado para tudo que eu fizer. Eu ficaria muito feliz em voltar ao Japão, para ser honesto.”

“Nesta temporada, obviamente fiz duas corridas. Poderia fazer até mais, mas, no momento, são só essas. Tentarei aprender o máximo que eu puder para, talvez, me ajudar na próxima temporada se eu fizer a Super Fórmula.”

Reportagem adicional de Tomohiro Yoshita

 

 

Photo by: Alexander Trienitz

Próxima Super Fórmula matéria
Categoria japonesa testa visor estilo Dragon Ball Z

Previous article

Categoria japonesa testa visor estilo Dragon Ball Z

Next article

Cria da RBR, Ticktum se aproxima da Super Fórmula em 2019

Cria da RBR, Ticktum se aproxima da Super Fórmula em 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Super Fórmula
Tipo de matéria Últimas notícias