Red Bull está perto de anunciar Gasly na Super Fórmula

Novo campeão da GP2 deve fazer o mesmo caminho que Stoffel Vandoorne e competir na categoria japonesa

Pierre Gasly superou seu companheiro de Prema, Antonio Giovinazzi, para conquistar o título da GP2, na última etapa em Abu Dhabi no mês passado.

Mas com os assentos da Red Bull e da Toro Rosso ocupados para 2017, seu sucesso chegou tarde demais para ajudá-lo a fazer parte da Fórmula 1.

Agora, Gasly deve se mudar para a Super Fórmula, categoria que Stoffel Vandoorne da McLaren correu neste ano. A Red Bull já entrou em negociações para encontrar um lugar para o piloto francês.

O Motorsport.com apurou que as conversas com a Honda em uma de suas equipes, a Nakajima Racing, pararam, e que a Red Bull está agora em negociação com a Toyota. As negociações entre as duas partes estão em estágio avançado.

Horner: Gasly ainda tem futuro na Fórmula 1

Falando em Abu Dhabi, o chefe da Red Bull, Christian Horner, elogiou o trabalho que Gasly havia feito na GP2 deste ano e deixou claro que ele ainda estava no radar da equipe para o futuro na F1.

"Acho que Gasly fez um ótimo trabalho este ano", disse Horner. "Foi bom vê-lo ganhar o campeonato da GP2."

"Ele foi importante para nós, com testes e no desenvolvimento do trabalho. Não há um assento disponível na F1 para ele no momento, mas ele é o membro mais antigo da equipe júnior e será mantido por nós.

Relatos adicionais por Kunihiko Akai

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Super Fórmula , FIA F2
Pilotos Pierre Gasly
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags christian horner