Vandoorne insiste que temporada na Super Fórmula foi válida

Belga acredita que experiência na categoria japonesa será útil na Fórmula 1

Stoffel Vandoorne competiu na Docomo Dandelion em 2016 na Super Fórmula, além de seus compromissos como terceiro piloto da McLaren, terminando na quarta posição na classificação na categoria japonesa, conquistando duas vitórias.

No entanto, o chefe da GP2, Bruno Michel, sugeriu em uma entrevista ao Motorsport.com que Vandoorne não teria aprendido muito durante seu ano no Japão.

No entanto, o campeão da GP2 de 2015 acredita que foi importante para ele se manter em atividade, e que os níveis de carga aerodinâmica dos carros da Super Fórmula também fez sua experiência se tornar valiosa.

"Tivemos altos e baixos", disse Vandoorne quando perguntado pelo Motorsport.com sobre sua temporada na Super Fórmula. "Acho que foi assim para quase todo mundo no campeonato."

"Foi uma preparação muito boa para o próximo ano, além de ser uma série muito competitiva também."

"Estou feliz por ter tido a oportunidade de competir lá. Foi uma boa experiência, muito diferente do que você está acostumado na Europa."

"É definitivamente melhor do que estar aqui a cada corrida e não fazer nada durante todo o ano. Mantém você afiado, você guia um carro muito competitivo, mantém o processo de trabalho com os engenheiros."

"No meu caso, foi bom trabalhar perto dos engenheiros e entender um pouco da cultura japonesa", acrescentou. "Esta temporada me trouxe essa visão muito nítida."

Relatos adicionais por Oleg Karpov

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Super Fórmula
Pilotos Stoffel Vandoorne
Tipo de artigo Últimas notícias