Homem é acusado de voar com drone em corrida na Austrália

Adolescente de 17 anos fez um voo não-autorizado durante etapa de Townsville da Supercars australiana e terá de prestar esclarecimentos à polícia

Um rapaz de 17 anos é acusado pela polícia da cidade de Townsville, na Austrália, após voar com um drone durante etapa da Supercars australiana neste mês.

De acordo com o relatório da polícia, o adolescente foi visto voando com o drone por cima do circuito. O voo não-autorizado fez com que os helicópteros fossem temporariamente convocados para pousar, sendo que a polícia acusa o jovem de “operar uma aeronave no espaço aéreo durante um grande evento”.

“A polícia deteve um homem após um drone supostamente ter voado durante o evento da Townsville 400, o que descumpre a Lei de Grandes Eventos de 2014”, disse a polícia de Queensland.

“O drone supostamente pairou sobre a área de operação de helicópteros no Colégio de Townsville no momento em que um helicóptero estava pousando e outro estava decolando. Os voos dos helicópteros tiveram de ser temporariamente suspensos.”

Agora, ele deverá comparecer à Corte de Townsville no dia 10 de agosto. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Supercars
Evento Townsville
Pista Townsville
Tipo de artigo Últimas notícias