Alexander Wurz anuncia a aposentadoria das pistas

compartilhar
comentários
Alexander Wurz anuncia a aposentadoria das pistas
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
10 de nov de 2015 11:43

Piloto austríaco competiu na F1 e venceu em duas oportunidades a tradicional 24 Horas de Le Mans

Alexander Wurz
#2 Toyota Racing Toyota TS040 Hybrid: Alexander Wurz, Stéphane Sarrazin, Mike Conway
#2 Toyota Racing Toyota TS040 Hybrid: Alexander Wurz, Stéphane Sarrazin, Mike Conway
#2 Toyota Racing Toyota TS040 Hybrid: Alexander Wurz, Stéphane Sarrazin, Mike Conway
Alexander Wurz, Toyota Racing
Helmet of Alexander Wurz, Toyota Racing
Alexander Wurz testa nova McLaren Mercedes MP4-18
#2 Toyota Racing Toyota TS040 Hybrid: Alexander Wurz
Os vencedores Alexander Wurz, Nicolas Lapierre, Kazuki Nakajima
Alexander Wurz
Alexander Wurz
Winner, 1st, Lewis Hamilton, McLaren Mercedes, MP4-22, 2nd, Nick Heidfeld, BMW Sauber F1 Team, F1.07, 3rd, Alexander Wurz, Williams F1 Team, FW29 and Martin Whitmarsh, McLaren, Chief Executive Officer
Alexander Wurz, Williams F1 Team, FW29 and Heikki Kovalainen, Renault F1 Team, R27
3rd place Alexander Wurz, Williams F1 Team

Ex-piloto de Fórmula 1 e atualmente competindo regularmente pela Toyota em provas de endurance, o austríaco Alexander Wurz anunciou nesta terça-feira que irá se retirar das pistas ao final da temporada do WEC.

Aos 41 anos, o bicampeão da tradicional 24 Horas de Le Mans decidiu pendurar o capacete. Em 1996, ele havia se tornado o mais jovem a vencer a corrida ao completar na frente competindo com um Porsche ao lado de Davy Jones e Manuel Reuter.

Com o sucesso em Le Mans, o austríaco foi contratado pela Benneton para substituir o compatriota Gerhard Berger em três corridas da temporada de 1997 da Fórmula 1.

Com o terceiro lugar no GP da Inglaterra, Wurz foi efetivado como titular na temporada seguinte, impressionando em seu primeiro campeonato completo. Um dos melhores momentos foi uma batalha nas ruas de Mônaco com a Ferrari de Michael Schumacher.

No entanto, Wurz teve duas temporadas medíocres na Benneton em 1990 e 2000, sendo superado constantemente pelo companheiro Giancarlo Fisichella. Em 2001, tornou-se reserva da McLaren e voltou a correr apenas em 2005, quando subiu ao pódio pela escuderia inglesa ao substituir Juan Pablo Montoya.

Em 2007, a Williams contratou o austríaco para ser titular na temporada completa, sendo o seu último  ano antes de fazer o retorno às provas de carros esportivos. Mas pôde ainda comemorar um pódio no GP do Canadá.

Wurz assinou com a Peugeot e conquistou pela segunda vez em três largadas as 24 Horas de Le Mans em 2009, mas desta vez ao lado de David Brabham e Marc Gene. Com a saída da marca francesa das competições em 2011, o austríaco foi contratado pela Toyota para disputar o WEC e conquistou cinco vitórias na competição e teria vencido pela terceira vez em Le Mans em 2014, mas um problema mecânico acabou com a suas chances.

Desde o ano passado, o austríaco assumiu a presidência do GPDA e tem trabalhado em conjunto com a FIA para as melhorias de segurança e no desenvolvimento da nova geração de pilotos.

Próxima WEC matéria
Toyota cogita terceiro carro para Le Mans em 2017

Previous article

Toyota cogita terceiro carro para Le Mans em 2017

Next article

WEC divulga lista completa de teste com novatos

WEC divulga lista completa de teste com novatos
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos Alexander Wurz
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias