Após ausência, Bruno Senna retorna ao WEC pela LMP2 em 2016

Brasileiro fará parte da equipe RGR Sport by Morand com o Ligier JS P2-Nissan ao lado de Rodolfo Gonzalez e Filipe Albuquerque

Depois de fazer a temporada completa do Mundial de Endurance em 2013 pela equipe Aston Martin nas categorias LMGTE-Pro e LMGTE-Am e ter feito as 24 Horas de Le Mans e as 6 Horas de Spa-Francorchamps pelo mesmo time em 2014, Bruno Senna está de volta ao WEC.

Só que desta vez será pela categoria LMP2, no Ligier JS P2-Nissan da equipe RGR Sport by Morand. Será a primeira vez que Senna correrá com um protótipo desde sua pequena participação na Le Mans Series em 2009, quando correu de LMP1.

"Estou muito animado com esta volta ao Mundial de Endurance numa categoria supercompetitiva como a LMP2”, falou Senna, que terá como companheiros o mexicano Rodolfo Gonzalez e o português Filipe Albuquerque.

“É uma oportunidade fantástica correr ao lado do Gonzalez e do Albuquerque. Tenho certeza que podemos brigar por vitórias com o carro preparado pela Morand. Não vejo a hora de chegar à primeira corrida."

Gonzalez, que recentemente comprou o time, garante que poderá ser campeão com a estrutura. Ele já triunfou no WEC na categoria P2 no ano de 2013. "Não tenho dúvidas que poderemos sonhar com a conquista do campeonato e das 24 Horas de Le Mans", disse o mexicano.

Albuquerque tem no currículo uma vitória nas 24 Horas de Daytona e duas largadas nas 24 Horas de Le Mans pela Audi na LMP1.

O ano será movimentado para Senna. Além do WEC, Bruno continuará correndo pela equipe Mahindra Racing na Fórmula E e também estará no Blancpain Sprint Series como piloto titular da McLaren. Na temporada passada, Bruno correu as provas longas da categoria, o que deixará de fazer agora em função do choque de datas com a Fórmula E.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias