Audi volta a negar transferência para Fórmula 1

Rupert Stadler, presidente da fabricante alemã, diz que não há interesse de entrar na F1 e que objetivo principal é voltar a ‘vencer em Le Mans’

O assunto ‘Audi na Fórmula 1’, apesar de não aparecer a todo momento, vez ou outra é trazido à tona. Sempre que questionados, os representantes da marca alemã negaram qualquer intenção de mudar de ares. Durante a apresentação da nova geração do R8, o superesportivo da fabricante, Rupert Stadler, presidente da Audi, foi perguntado sobre o tema.

Após negar mais uma vez que a Audi desembarcará na F1, foi enfático quanto ao objetivo da turma de Ingolstadt no automobilismo: retomar o domínio na principal prova de endurance do mundo. Na edição deste ano, a vitória ficou com a Porsche, no carro do trio formado por Earl Bamber, Nick Tandy e Nico Hülkenberg.

“Temos que vencer em Le Mans”, afirmou. No evento, além da versão de rua do R8, a Audi apresentou a versão de competição para interessados em disputar campeonatos de GT3. Na primeira aparição nas pistas, o novo R8 LMS venceu as 24 Horas de Nürburgring.

Já no WEC, a Audi lidera o campeonato de pilotos com o trio do carro #7, formado por André Lotterer, Marcel Fässler e Benoit Tréluyer. Nos construtores, a liderança é da Porsche. A próxima etapa do campeonato, as 6 Horas de Nürburgring, será realizada no dia 30 de agosto.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Pilotos Andre Lotterer , Marcel Fassler , Benoit Tréluyer
Tipo de artigo Últimas notícias