BR Engineering e Dallara se juntam para construir LMP1

A companhia russa BR Engineering se prepara para subir para a classe LMP1 do Mundial de Endurance em 2018, construindo um protótipo em parceria com a Dallara; a SMP Racing é o time que comandará o carro

A LMP1 terá um novo carro no grid em 2018: o presidente da BR Engineering, Boris Rotenberg, e Andrea Pontremoli, CEO da Dallara, assinaram um acordo para que as duas companhias desenvolvam juntas, a partir de 2017, um protótipo para disputar o Mundial de Endurance na classe LMP1-L - para carros não-híbridos. A equipe responsável por conduzir o carro será a SMP Racing.

BR Engineering e Dallara passarão 2017 desenvolvendo, construindo, estudando e testando o BR1 para que o carro seja homologado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Nas operações de pista durante o desenvolvimento do carro, a ART Grand Prix - mais conhecida pela equipe na GP2 - também estará envolvida.

O novo chassi será construído de acordo com o regulamento da FIA para os protótipos da LMP1. É o passo seguinte da BR Engineering após lançar o BR01 na versão para a LMP2, em 2015 - até então, o modelo conseguiu o terceiro lugar na European Le Mans neste ano, a pole position nas 24 Horas de Daytona e terminou no pódio na LMP2 nas 24 Horas de Le Mans.

Novo foco na LMP1

A decisão da BR Engineering em focar no desenvolvimento de um protótipo para a LMP1 foi influenciada pela restrição de fabricantes de chassi na LMP2, assim como a saída da Audi da LMP1-H

“Criamos um desafio para nós mesmos. Poderíamos comprar um chassi de uma das quatro fabricantes eleitas para a LMP2 ou simplesmente deixar o WEC. Mas sempre escolhemos trilhar nosso próprio caminho", disse Rotenberg.

“Nem sempre é fácil, mas este caminho é certamente o mais interessante e promissor. O objetivo deste projeto é seguir desenvolvendo o esporte a motor na Rússia, incluindo o setor de tecnologia", afirmou.

“Investimos muito no apoio a pilotos russos, dando oportunidade a crianças talentosas no kart e acompanhando-as no GT, protótipos ou em monoposto. Nosso BR01 na LMP2 foi o primeiro carro russo a ir para o pódio em Le Mans", acrescentou.

Sobre o projeto para a LMP1, o dirigente disse: "O BR1 é a continuação deste projeto, que visa atrair alta tecnologia para o nosso país. O nome da Dallara é familiar para qualquer um que esteja ligado ao esporte a motor", ressaltou.

“Somos parceiros agora, e o novo projeto da BR Engineering começa na Itália, onde os melhores designers e engenheiros - da Rússia e da Europa - vão criar um protótipo russo para a SMP Racing. Eles têm muito trabalho pela frente", completou.

A Dallara fornece chassis para a Indy, WEC, ELMS, GP2, GP3, Fórmula 3.5 V8, Super Fórmula, Fórmula 3 e Fórmula E. Além disso, a fabricante já colaborou com fabricantes como Alfa Romeo, Audi, Bugatti, Ferrari, KTM, Lamborghini, Maserati, entre outras. 

A BR Engineering já se instalou na fabrica da Dallara, em Parma.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Equipes SMP Racing
Tipo de artigo Últimas notícias