BR Engineering e Dallara se juntam para construir LMP1

A companhia russa BR Engineering se prepara para subir para a classe LMP1 do Mundial de Endurance em 2018, construindo um protótipo em parceria com a Dallara; a SMP Racing é o time que comandará o carro

A LMP1 terá um novo carro no grid em 2018: o presidente da BR Engineering, Boris Rotenberg, e Andrea Pontremoli, CEO da Dallara, assinaram um acordo para que as duas companhias desenvolvam juntas, a partir de 2017, um protótipo para disputar o Mundial de Endurance na classe LMP1-L - para carros não-híbridos. A equipe responsável por conduzir o carro será a SMP Racing.

BR Engineering e Dallara passarão 2017 desenvolvendo, construindo, estudando e testando o BR1 para que o carro seja homologado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Nas operações de pista durante o desenvolvimento do carro, a ART Grand Prix - mais conhecida pela equipe na GP2 - também estará envolvida.

O novo chassi será construído de acordo com o regulamento da FIA para os protótipos da LMP1. É o passo seguinte da BR Engineering após lançar o BR01 na versão para a LMP2, em 2015 - até então, o modelo conseguiu o terceiro lugar na European Le Mans neste ano, a pole position nas 24 Horas de Daytona e terminou no pódio na LMP2 nas 24 Horas de Le Mans.

Novo foco na LMP1

A decisão da BR Engineering em focar no desenvolvimento de um protótipo para a LMP1 foi influenciada pela restrição de fabricantes de chassi na LMP2, assim como a saída da Audi da LMP1-H

“Criamos um desafio para nós mesmos. Poderíamos comprar um chassi de uma das quatro fabricantes eleitas para a LMP2 ou simplesmente deixar o WEC. Mas sempre escolhemos trilhar nosso próprio caminho", disse Rotenberg.

“Nem sempre é fácil, mas este caminho é certamente o mais interessante e promissor. O objetivo deste projeto é seguir desenvolvendo o esporte a motor na Rússia, incluindo o setor de tecnologia", afirmou.

“Investimos muito no apoio a pilotos russos, dando oportunidade a crianças talentosas no kart e acompanhando-as no GT, protótipos ou em monoposto. Nosso BR01 na LMP2 foi o primeiro carro russo a ir para o pódio em Le Mans", acrescentou.

Sobre o projeto para a LMP1, o dirigente disse: "O BR1 é a continuação deste projeto, que visa atrair alta tecnologia para o nosso país. O nome da Dallara é familiar para qualquer um que esteja ligado ao esporte a motor", ressaltou.

“Somos parceiros agora, e o novo projeto da BR Engineering começa na Itália, onde os melhores designers e engenheiros - da Rússia e da Europa - vão criar um protótipo russo para a SMP Racing. Eles têm muito trabalho pela frente", completou.

A Dallara fornece chassis para a Indy, WEC, ELMS, GP2, GP3, Fórmula 3.5 V8, Super Fórmula, Fórmula 3 e Fórmula E. Além disso, a fabricante já colaborou com fabricantes como Alfa Romeo, Audi, Bugatti, Ferrari, KTM, Lamborghini, Maserati, entre outras. 

A BR Engineering já se instalou na fabrica da Dallara, em Parma.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Equipes SMP Racing
Tipo de artigo Últimas notícias