Button teve garantias da equipe após batida de russo em Spa

compartilhar
comentários
Button teve garantias da equipe após batida de russo em Spa
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Co-autor: Oleg Karpov
25 de mai de 2018 15:50

Campeão da F1 se reuniu com SMP Racing antes de entrar no protótipo pela primeira vez pouco após acidente espetacular de Matevos Isaakyan

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan, crash
Jenson Button, SMP Racing BR Engineering BR1 LMP1
Jenson Button, SMP Racing BR Engineering BR1 LMP1
Jenson Button, SMP Racing BR Engineering BR1 LMP1
Jenson Button, SMP Racing BR Engineering BR1 LMP1

Campeão de 2009 da F1, Jenson Button revelou ter recebido garantias da equipe SMP Racing sobre a segurança de seu modelo da classe LMP1 antes de seu teste, em Magny-Cours.

Button guiou o BR Engineering BR1-AER no circuito francês pouco depois do impressionante acidente de Matevos Isaakyan nas 6 Horas de Spa.

As filmagens do ocorrido mostraram o protótipo #17 decolando na saída do complexo Eau Rouge/Raidillion, capotando por várias vezes antes de parar nas barreiras de proteção.

Button, que fará sua estreia no WEC nas 24 Horas de Le Mans, no próximo mês, dividindo o protótipo #11 com Mikhail Aleshin e Vitaly Petrov, disse que uma reunião com a equipe lhe deu garantias da segurança do modelo.

Ele acrescentou que serão feitas mudanças no carro para Le Mans, apesar de ter feito o teste com exatamente as mesmas especificações da prova de Spa.

“Não acho que um piloto experiente entraria no carro se não estivesse feliz com sua segurança”, disse Button ao Motorsport.com.

“Tive uma boa reunião com a equipe para discutir o que aconteceu e quais são as chances daquilo acontecer de novo. Acredito na equipe e confio em seus comentários, e também nos da Dallara.”

“Eles mudaram o carro para Le Mans, o que é ótimo. Não acho que haja a mesma situação em Le Mans que há na Eau Rouge, mas ainda assim há subidas, e eles mudaram o carro para ajudar nisso.”

“E, quando guiei em Magny-Cours, você está guiando sozinho. Você nunca terá problemas de um carro decolando. Você não está seguindo outro carro, não está em uma subida, então não fiquei nem um pouco preocupado.”

“Também não estou preocupado indo a Le Mans. Confio completamente no trabalho que eles fizeram no túnel de vento e nas medidas de segurança de precaução que eles tomaram.”

Aderência em alta velocidade é “chocante”

Button, que casará sua campanha no WEC com a participação no Super GT japonês pela Honda, disse que ficou surpreso com o rendimento do protótipo, sendo a aderência em curvas de alta velocidade foi o “oposto” do que esperava. 

“O maior choque foi a aderência em curvas de alta velocidade”, acrescentou Button. “Eu piloto no Super GT, que tem muita pressão aerodinâmica e muita aderência mecânica, já que há guerra de pneus por lá.”

“Esperava que o LMP1 fosse mais rápido em retas, mas lento em curvas de alta velocidade. Mas foi o oposto.”

“A velocidade final em reta foi muito parecida à do Super GT, mas as curvas de alta velocidade me surpreenderam,  porque havia muita aderência mecânica por lá.”

“E o pacote aerodinâmico que usamos em Magny-Cours foi o de Le Mans, então não deveria ter tanta aderência assim. Mas o carro estava ótimo.”

“Ainda precisamos fazer alguns ajustes, mas não em alta velocidade: é mais na freada e tração. Mas acho que podemos resolver esses problemas muito rapidamente em Le Mans.”

Próxima WEC matéria
VÍDEO: Porsche 919 tenta recorde do Nürburgring Nordschleife

Previous article

VÍDEO: Porsche 919 tenta recorde do Nürburgring Nordschleife

Next article

VÍDEO: Primeiro teste com carro do WEC impressiona Button

VÍDEO: Primeiro teste com carro do WEC impressiona Button

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos Jenson Button
Equipes SMP Racing
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Entrevista