Chefe do WEC crê em ano de reafirmação com Super Season

compartilhar
comentários
Chefe do WEC crê em ano de reafirmação com Super Season
29 de mar de 2018 12:00

CEO da categoria cita mudança de ciclo após saída da Porsche e fala em reconstruir campeonato de acordo com interesses mútuos

Start of the race #1 Porsche Team Porsche 919 Hybrid: Neel Jani, Andre Lotterer, Nick Tandy leads fr
#86 Gulf Racing Porsche 911 RSR: Michael Wainwright, Ben Barker, Nick Foster
#8 Toyota Gazoo Racing Toyota TS050-Hybrid: Sébastien Buemi, Anthony Davidson, Kazuki Nakajima
#31 Vaillante Rebellion ORECA 07-Gibson: Julien Canal, Nicolas Prost, Bruno Senna
#92 Porsche GT Team Porsche 911 RSR: Michael Christensen, Kevin Estre
#71 AF Corse Ferrari 488 GTE: Davide Rigon, Sam Bird
#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage: Nicki Thiim, Marco Sorensen

Com apenas um time que utiliza motor híbrido sobrando na LMP1 após a saída da Porsche ao fim da última temporada, o WEC entra em uma temporada de reformulação neste ano. Tanto, que o campeonato mudará sua periodicidade. A temporada deste ano, chamada de ‘Super Season’ (Super Temporada), começará em 2018 e terminará apenas nas 24 Horas de Le Mans de 2019.

Isso, para que a partir da temporada 2019-2020 o mundial tenha outro atrativo. Falando ao Motorsport.com, o CEO do WEC, Gerard Neveu, defendeu a realização de uma “temporada especial”.

“Isso acontece porque no último verão tivemos a Porsche anunciando a saída, em uma situação difícil, por conta dos problemas do diesel – não teve nada a ver conosco”, falou em entrevista exclusiva.

“Por isso, pensamos em uma maneira diferente para reiniciar bem o campeonato, e nos perguntamos o que poderíamos mudar. Pelo futuro, foi o momento certo para isso, até porque não estávamos no meio de um ciclo. Faremos uma temporada especial, mas voltaremos ao programa habitual da temporada a partir do ano que vem."

Questionado se acha que o campeonato pode perder força com a mudança, Neveu foi enfático: “não, porque acreditamos que vamos ter um ano com uma performance muito semelhante entre os concorrentes como vimos nos testes durante o inverno”.

“A Super Season é um novo capítulo do campeonato, com Le Mans no final – o que faz mais sentido, já que a é a maior corrida no final.”

“Também temos muitas provas tradicionais retornando ao calendário, como Sebring nos EUA, Fuji, Spa, Interlagos e então ficamos mais perto dos fãs do esporte a motor. É um novo ar para o campeonato.”

“Junto com isso, temos um novo regulamento técnico para 2020 para LMP1. Isso vai ser lançado em alguns meses, próximo das 24 Horas de Le Mans. Isso vai ser bom para os fãs, algo que eles estão interessados.”

Próxima WEC matéria
VÍDEO: A nova Ferrari 488 GTE do WEC em Fiorano

Previous article

VÍDEO: A nova Ferrari 488 GTE do WEC em Fiorano

Next article

CEO do WEC vê Fórmula E apenas como “evento de marketing”

CEO do WEC vê Fórmula E apenas como “evento de marketing”

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Tipo de matéria Últimas notícias