Classe GTE ganha status de campeonato mundial da FIA

Para CEO da categoria, medida pode facilitar entrada de novos fabricantes para classe

A partir de agora, a classe GTE para os pilotos e fabricantes ganha status de campeonato mundial, dentro da estrutura do World Endurance Championship (WEC).

O CEO da categoria, Gerard Neveu, confirmou durante a etapa de Xangai, no início deste mês, que uma proposta para atualizar a classe para o status de campeonato mundial da FIA seria apresentada ao Conselho Mundial do Esporte a Motor, que realizou sua última reunião em Viena, nesta quarta-feira (30).

Um comunicado da FIA confirmou a mudança, dizendo que foi "devido ao aumento do envolvimento dos fabricantes no campeonato, bem como melhorias no profissionalismo e no desempenho dos carros."

Ferrari, Ford, Aston Martin e Porsche farão parte da próxima temporada e com a participação da BMW em 2018.

Neveu disse: " é uma excelente notícia para o WEC e recompensa um grid de excelente qualidade. Esta decisão deve acelerar a chegada de outros fabricantes na categoria."

A FIA também confirmou o congelamento das regras da LMP1, como divulgado anteriormente, o que significa que os regulamentos híbridos existentes devem ser mantidos até o final de 2019.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags world championship