De volta ao WEC, Bruno Senna confia em luta pelo campeonato

Correndo pela primeira vez na subcategoria LMP2, piloto brasileiro acredita em potencial de sua equipe

Confirmado pela equipe RGR Sport com um Liger JS P2-Nissan no WEC neste ano, Bruno Senna esbanja otimismo para falar do novo projeto. Ele já havia atuado no campeonato em 2013 pela Aston Martin nos carros de GT, mas neste ano estará nos protótipos.

Ao lado de Ricardo Gonzalez e Filipe Albuquerque, Bruno tem expectativa de chegar ao título da temporada.

“Quando olhamos para a configuração da equipe, Ricardo é um piloto que já ganhou Le Mans e Filipe tem uma vasta experiência na LMP1 com a Audi na equipe de fábrica. Então temos um time muito forte”, falou ao Motorsport.com.

“O carro Ligier é uma máquina muito competitiva. Acho que vamos competir por vitórias e pelo campeonato.”

“Se vencermos Le Mans, vai ser um dia muito especial.”

Para Senna, as 6 Horas do México, marcadas para este ano, podem levantar a moral de seu time.  “O WEC é uma categoria muito importante em todo o mundo, uma categoria que está consolidada. A concorrência na LMP2 é sempre muito próxima, e o melhor é que somos o primeiro time mexicano correndo em muitos anos. Eu acho que o apoio do México será muito forte para nós.”

“Haverá uma corrida no México também. Estamos muito felizes.”

Senna continuará atuando pela Fórmula E na Mahindra e ainda pelo Blancpain Sprint Series.

A temporada do WEC começa em 17 de abril, com as 6 Horas de Silverstone.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias