FIA errou ao marcar F1 e Le Mans juntas, diz ex-piloto

compartilhar
comentários
FIA errou ao marcar F1 e Le Mans juntas, diz ex-piloto
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
16 de dez de 2015 18:10

Hans-Joachim Stuck, vencedor da mítica prova francesa acredita que  FIA foi pouco inteligente ao criar embate de datas entre a corrida e o GP da Europa, em Baku

LMP1 pódio: vencedores Porsche Team: Nico Hulkenberg, Nick Tandy, Earl Bamber
Start: #17 Porsche Team Porsche 919 Hybrid: Timo Bernhard, Mark Webber, Brendon Hartley and #18 Porsche Team Porsche 919 Hybrid: Romain Dumas, Neel Jani, Marc Lieb lead
#8 Audi Sport Team Joest Audi R18 e-tron quattro: Lucas di Grassi, Loic Duval, Oliver Jarvis
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1
Hans-Joachim Stuck com Karthik Tharani
#19 Porsche Team Porsche 919 Hybrid: Nico Hulkenberg, Nick Tandy, Earl Bamber

O fim de semana de 18 e 19 de junho de 2016  será marcado por dois grandes eventos de âmbito mundial do calendário do automobilismo. As 24 Horas de Le Mans e o GP da Europa, que vai acontecer em Baku, Azerbaijão. Nico Hulkenberg, por exemplo, não poderá defender seu título conquistado em 2015.

Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com, o ex-piloto Hans-Joachim Stuck afirmou que a vitória de Hulk deu grande salto de popularidade para os esportes a motor e que a FIA deveria ter assegurado que as datas de Le Mans e F1 não fossem as mesmas.

"Conversei com alguns pilotos e eles estão muito mais interessados nesses tipos de corridas e eu gosto delas até hoje, até porque já guiei vários tipos de carros, F1, F2 e turismo."

"Então agora vamos ver quão estúpido foi essa atitude de colocar Le Mans no mesmo fim de semana de GP da F1. Isso com certeza não ajuda."

Enquanto a F1continua tendo que lidar com a falta de consenso sobre suas próprias regras, Stuck acredita que o segredo do sucesso recente do WEC seja por causa dos regulamentos mais abertos para os fabricantes, com diversas configurações de armazenamento e implantação de energia híbrida.

"Quando você tem um regulamento em que o fabricante pode provar sua competitividade técnica, a competição fica mais interessante", disse o ex-piloto de 64 anos.

"Na LMP1 temos sistemas diferentes, com carros a diesel, de quatro cilindros, de seis cilindros, aspirados, etc."

"Os fabricantes podem provar sua competitividade, o que eleva o nível do esporte. Acredito também que nas categorias de alto nível seja importante o uso de novas tecnologias."

E acrescentou: "sabemos que o automobilismo nunca será verde, mas você pode continuar desenvolvendo carros com tecnologia híbrida, motores elétricos e tudo mais."

"Então a LMP1 é o campo de jogo perfeito para o uso dessas tecnologias."

 

Entrevistado por Darshan Chokhani

Próxima WEC matéria
Após ano sabático, Petrov estreia no WEC em 2016

Previous article

Após ano sabático, Petrov estreia no WEC em 2016

Next article

Senna está próximo de voltar ao mundial de endurance em 2016

Senna está próximo de voltar ao mundial de endurance em 2016
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos Hans-Joachim Stuck , Nico Hulkenberg Shop Now
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Entrevista