Fuji sem Alonso era inimaginável, defende WEC

compartilhar
comentários
Fuji sem Alonso era inimaginável, defende WEC
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Co-autor: Gary Watkins
10 de fev de 2018 12:24

Gerard Neveu diz que era impossível pensar na possibilidade de ir ao Japão sem ter o espanhol defendendo a Toyota, dona do circuito de Fuji

Start: #6 Team Penske ORECA 07: Helio Castroneves, Simon Pagenaud, Juan Pablo Montoya leads
#62 Risi Competizione Ferrari 488 GTE: Toni Vilander, Giancarlo Fisichella, Alessandro Pier Guidi
#2 Porsche Team Porsche 919 Hybrid: Timo Bernhard, Earl Bamber, Brendon Hartley
#8 Toyota Gazoo Racing Toyota TS050-Hybrid: Fernando Alonso
#8 Toyota Gazoo Racing Toyota TS050-Hybrid: Fernando Alonso, Sébastien Buemi

O chefe do WEC, Gerard Neveu, defendeu a decisão de adiantar as 6 Horas de Fuji em uma semana, afirmando que não poderia admitir que Fernando Alonso perdesse o evento.

A mudança faz com que a prova no Japão não caia mais no mesmo fim de semana do GP dos Estados Unidos de F1, o que significa que Alonso poderá participar de todas as provas do WEC em 2018.

Contudo, isso criou um conflito de datas com a Petit Le Mans, a prova final da IMSA, categoria que será disputada por vários pilotos do WEC.

Piloto da Ford na classe GT, Olivier Pla expressou sua insatisfação com a decisão, acusando o WEC de “não ter consideração e respeito” aos pilotos que estavam programados para competir na Petit Le Mans.

Falando ao Motorsport.com, Neveu explicou que teve que precisou colocar o interesse do campeonato em primeiro lugar ao priorizar Alonso e a Toyota aos demais competidores.

“Quando você toma uma decisão assim, você sabe que algumas pessoas ficarão felizes e outras estarão infelizes”, disse.

“Queríamos proteger o interesse do campeonato, e é isso que temos que levar em consideração primeiro. Como você pode imaginar ter Alonso em seu paddock, correndo pela Toyota, e dizer que iríamos ao Japão sem ele?”

“Fernando quer lutar pelo campeonato, ele não pode perder uma corrida. Era lógico. Não havia dúvidas em ter ou não Alonso no Japão.”

Neveu acrescentou que a IMSA foi alertada de forma antecipada sobre a mudança de data para Fuji e “entendeu completamente” os motivos dos WEC.

Ele disse: “Eles tiveram Alonso em Daytona, então eles têm uma boa estimativa do valor que um piloto como ele traz ao paddock.”

A IMSA, porém, esclareceu que, por motivos comerciais e contratuais, não pode considerar a possibilidade de alterar a data da Petit Le Mans.

As 6 Horas de Fuji e a Petit Le Mans, portanto, ficaram confirmadas para o fim de semana de 13-14 de outubro. 

Next article
Por Alonso, WEC altera data das 6 Horas de Fuji

Previous article

Por Alonso, WEC altera data das 6 Horas de Fuji

Next article

Rebellion define parceiros de Senna para temporada do WEC

Rebellion define parceiros de Senna para temporada do WEC
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Equipes Toyota Racing
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias