Kubica: Conciliar WEC com F1 seria "muito arriscado"

compartilhar
comentários
Kubica: Conciliar WEC com F1 seria
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Co-autor: Oleg Karpov
Traduzido por: Daniel Betting
19 de abr de 2018 18:35

Piloto reserva da Williams na Fórmula 1 disse que seria "arriscado" demais conciliar seu papel na equipe de Grove com a função de piloto titular no Campeonato Mundial de Endurance da FIA nesta temporada

Robert Kubica, Williams FW41
Robert Kubica, Williams Martini Racing
Robert Kubica, ByKolles Racing CLM P1/04 - AER
Robert Kubica, Williams Martini Racing, talks to the media
Robert Kubica, ByKolles Racing CLM P1/04 - AER
Robert Kubica, Williams Martini Racing
Robert Kubica, Williams FW41
Robert Kubica, Williams fans and banners
Robert Kubica, Williams, is attended to by mechanics in the pit lane

Robert Kubica teve a chance de correr para a equipe Manor LMP1 na supertemporada de 2018/19 do WEC, e participou de dois testes em Aragón com a equipe britânica junto de seus testes com a Williams em Barcelona.

No entanto, o vencedor do GP do Canadá de 2008 decidiu não se juntar à equipe, preferindo se concentrar em seu trabalho na Williams.

"Principalmente devido à limitação de tempo, e porque no final estou bastante ocupado com a Williams", explicou Kubica ao Motorsport.com.

"Era possível fazê-lo. Mas isso significaria que eu teria oito dias em casa no espaço de cinco meses”.

"Eu acho que teria sido demais, e no final é melhor me concentrar em fazer uma coisa propriamente do que duas coisas que podem se tornar arriscadas se você não as fizer corretamente".

Kubica foi escalado para disputar a temporada 2017 do WEC com a equipe ByKolles, mas acabou desistindo depois de um desastroso teste no prólogo em Monza que foi interrompido por vários problemas técnicos para a equipe austríaca.

O piloto polonês insistiu que a situação de Manor era diferente, pois não havia nada de errado com o desempenho do Ginetta G60-LT-P1 quando ele testou o carro em Aragón.

"Eu tive uma situação diferente com a Kolles do que com a Manor. No final, nós concordamos com a Manor que eu faria o teste e eu decidiria após o teste. O desempenho não foi um problema”.

"Era mais o tempo, a quantidade de tempo que eu poderia dedicar a este projeto. E cheguei ao ponto em que depois decidi não fazer”.

"Há muita coisa acontecendo do ponto de vista da regulamentação, então será interessante, e é uma pena que eu não esteja em condições de fazer Le Mans. Mas no final eu decidi me concentrar na Williams".

Manor completou sua formação LMP1 na quarta-feira com Oliver Turvey, que fará parceria com Alex Brundle e Oliver Rowland no Ginetta # 6.

Charlie Robertson terá ao seu lado no carro # 5 Dean Stoneman e Leo Roussel em Spa e nas 24 Horas de Le Mans.

Próxima WEC matéria
Porsche LMP1 modificado quebra recorde de Hamilton em Spa

Previous article

Porsche LMP1 modificado quebra recorde de Hamilton em Spa

Next article

Button e Nasr são confirmados nas 24 Horas de Le Mans

Button e Nasr são confirmados nas 24 Horas de Le Mans
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos Robert Kubica
Equipes Williams , Manor Racing
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias