Motorsport.com elege di Grassi piloto do ano na LMP1

Veja quem foram os melhores pilotos da classe principal do Mundial de Endurance, eleitos por Sam Smith e Jamie Klein, do Motorsport.com

10 - Oliver Jarvis

10 - Oliver Jarvis
1/10

Apesar das dúvidas sobre o futuro que já o acompanhavam - e se confirmaram com a saída da Audi da LMP1 - Jarvis foi consistente e teve pontos altos, como o primeiro stint em Fuji e o desempenho no México. O britânico se mostrou um grande nome para qualquer programa de fábrica que surgir no futuro.

9 - Mark Webber

9 - Mark Webber
2/10

Há uma certa ironia em Webber pendurar o capacete em um ano que ele se mostrou mais competitivo do que nunca. Mesmo em Le Mans, ponto fraco no passado, o australiano esteve no ritmo dos companheiros do #1. Na reta final, Webber mostrou força e venceu 4 das últimas cinco provas e encerrou a carreira com um pódio no Bahrein.

8 - Kamui Kobayashi

8 - Kamui Kobayashi
3/10

Estreante na LMP1, Kobayashi não demorou a mostrar velocidade, mas levou tempo para se consolidar como piloto de endurance. Mas a evolução veio e foi coroada com um stint final consistente e veloz em Fuji, dando à Toyota a primeira vitória no WEC desde 2014.

Photo by: Toyota Racing

7 - Loïc Duval

7 - Loïc Duval
4/10

Após uma campanha inconstante em 2015, Duval voltou à boa forma nesta temporada. As boas performances nos EUA e no México, além da velocidade no final da prova em Fuji, faz com que se lamente que o francês tenha ficado sem lugar para 2017. Será uma pena se Duval não tiver outra oportunidade de brilhar no patamar mais alto do endurance mundial.

6 - Timo Bernhard

6 - Timo Bernhard
5/10

A quieta força motriz por trás do desenvolvimento do 919 Hybrid superou o início de temporada claudicante do #1 e, com um grande trabalho interno, ajudou o carro a vencer quatro das últimas cinco etapas da temporada. Se existe alguém que você quer na sua equipe para desenvolver o carro, esse alguém e Bernhard.

5 - Sébastien Buemi

5 - Sébastien Buemi
6/10

Mesmo com os problemas mecânicos na Toyota recaindo na maior parte das vezes sobre o #5, Buemi pilotou muito bem em 2016. Membros da equipe destacam a maturidade adquirida pelo suíço nas duas últimas temporadas e há poucas dúvidas de que ele é um dos pilotos mais talentosos em atividade no WEC e pode repetir a campanha vitoriosa de 2014 a qualquer momento.

Photo by: Toyota Racing

4 - André Lotterer

4 - André Lotterer
7/10

Apesar de ter terminado uma temporada sem vitórias pela primeira vez no WEC, Lotterer foi de longe o mais veloz e confiável piloto no #7, ainda que em muitas oportunidades ele não tenha mostrado o máximo - pois ajudou os companheiros do #8 na briga pelo título. Espera-se que, com a mudança para a Porsche, todo o potencial do alemão volte à tona.

3 - Neel Jani

3 - Neel Jani
8/10

Jani foi o único a permanecer do trio campeão da temporada 2016, o que diz muito sobre a superioridade do suíço em relação aos ex-companheiros de equipe. Em classificações, não foi anormal ver Jani fazer tempos competitivos e o carro ficar para trás na média quando Lieb ou Dumas assumiam o volante. Em Le Mans, única corrida na qual o sistema não é utilizado, foi a volta de Jani que colocou o #2 na frente. Na corrida, o stint final do piloto foi impressionante. Ao lado de Lotterer e Tandy, Jani deve formar um dos trios mais fortes de 2017.

2 - Brendon Hartley

2 - Brendon Hartley
9/10

Apesar do erro em Silverstone, Hartley evolui a cada temporada e apresenta a combinação ideal entre velocidade e consistência, vista neste ano em provas como Nürburgring, Austin, México e Xangai. Com apenas 27 anos e em franca ascensão, Hartley pode se consolidar como um dos grandes nomes da história das corridas de longa duração.

1 - Lucas di Grassi

1 - Lucas di Grassi
10/10

Como Hartley, di Grassi encerrou a terceira temporada no WEC mostrando-se na melhor forma desde a estreia no campeonato. O duelo com Buemi em Spa-Francorchamps foi um dos pontos altos da temporada. A ultrapassagem na Blanchimont, colocando rodas na grama, foi de tirar o fôlego e uma amostra do comprometimento e da confiança que o brasileiro demonstrou em toda a temporada.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Pilotos Mark Webber , Andre Lotterer , Timo Bernhard , Oliver Jarvis , Lucas di Grassi , Kamui Kobayashi , Loic Duval , Sébastien Buemi , Brendon Hartley , Neel Jani
Equipes Team Joest , Porsche Team , Toyota Racing
Tipo de artigo Conteúdo especial