Oreca confirma parceria com a Rebellion no retorno à LMP1

A construtora francesa Oreca foi confirmada como a fabricante de chassis para a Rebellion Racing em seu retorno à classe LMP1 para a temporada 2018/2019 do WEC, o Mundial de Endurance.

Depois de a Rebellion descer para a LMP2 em 2017 e vencer o título com o equipamento da Oreca, havia ficado quase garantido que a aliança entre as duas partes continuariam durante o retorno da equipe suíça à principal divisão do WEC em 2018.

Agora, a Oreca confirmou que irá produzir o protótipo que será chamado de Rebellion R13, que será revelado no Salão de Genebra, no próximo mês.

O carro usará uma versão melhorada do motor 4,5 litros aspirado da Gibson, que já vinha sendo utilizado desde os tempos de LMP2.

“Desenhar este novo protótipo da LMP1 é um desafio maravilhoso”, disse o diretor executivo da Oreca, Hugues de Chaunac.

“Quando começamos o desenvolvimento do Oreca 07, nós realmente queríamos subir para o próximo nível, um acima em comparação ao do Oreca 05.”

“O sucesso alcançado no último ano realmente nos motivou e nos convenceu a encarar essa categoria principal altamente competitiva.”

“Junto de um motor atmosférico, este LMP1 terá uma tarefa difícil contra os carros híbridos. Mas o Rebellion R13 será um desafiante muito determinado.”

A aliança entre a Oreca e a Rebellion teve início em 2014, quando o chamado R-One foi introduzido para substituir o antigo carro da equipe, da Lola.

A Rebellion entrará na campanha do WEC com os pilotos Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna, Mathias Beche, Gustavo Menezes e Thomas Laurent.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Equipes Rebellion Racing
Tipo de artigo Últimas notícias