Porsche: sem pressa para substituir diretor técnico

Equipe de Stuttgart garante que não há pressa para substituir Alex Hitzinger, que deixou o time no mês passado

Pouco antes do início da temporada 2016 do Mundial de Endurance, a Porsche sofreu uma baixa importante no corpo técnico: Alex Hitzinger, diretor técnico do time de Stuttgart, deixou a equipe. Por enquanto, quem assume as responsabilidades de Hitzinger é o chefe do time, Andreas Seidl.

“Fritz (Enzinger, vice presidente do programa LMP1 da fabricante alemã) me pediu para incorporar esta função em caráter temporário, o que tenho feito junto com meu papel de chefe de equipe", disse Seidl ao Motorsport.com.

O novo diretor técnico deve ser o responsável por iniciar os trabalhos no modelo da Porsche para a temporada 2018 do WEC. Mas Seidl adianta que não há pressa para escolher a pessoa que irá ocupar o cargo.

“É uma situação totalmente aberta no momento, pois o carro de 2016 está desenvolvido. Desta forma, utilizaremos o tempo que for necessário para decidir o como queremos estruturar a equipe para o futuro", afirmou.

Segundo o Motorsport.com apurou, o substituto de Hitzinger - que deixou a Porsche para seguir a carreira de engenheiro fora do esporte a motor - não deve ser confirmado antes das 24 Horas de Le Mans.

"Não nos esqueçamos de que o sucesso deste projeto é resultado do trabalho em equipe, não somente de uma pessoa. Temos um grupo de engenheiros extremamente competentes em nossa fábrica", completou Seidl.

Nesta semana, a equipe alemã conduz testes, visando as 24 Horas de Le Mans, no circuito de Aragón, na Espanha. Depois, a Porsche segue para a Bélgica, sede da segunda etapa da temporada 2016 do WEC, as 6 Horas de Spa-Francorchamps - onde Seidl seguirá acumulando as duas funções.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WEC
Equipes Porsche Team
Tipo de artigo Últimas notícias