Piloto que atropelou fotógrafo em rali é punido por acidente

Jari-Matti Latvala poderá não competir por uma etapa do WRC em caso de reincidência e foi multado em 5 mil euros por não ter prestado ajuda a fotógrafo atropelado

Jari-Matti Latvala acabou acertando um fotógrafo neste sábado, ao sair da pista no 11° estágio do rali de Monte Carlo, etapa do WRC. Apesar do incidente, tudo não passou de um susto, já que ninguém se feriu. Mesmo assim, o piloto finlandês não escapou da punição dos comissários do Mundial de Rali.

Latvala recebeu uma suspensão condicional, além de receber multa de 5 mil euros, aproximadamente R$ 22 mil, por ter seguido na competição sem ao menos ter parado para ver se o fotógrafo estava bem.

Ele poderá ser obrigado a não participar de uma das etapas do WRC caso algo semelhante se repita.

Ao final do especial, o piloto alegou falta de visibilidade no local e que não sabia ao certo se tinha atingido alguém.

No entanto, após ter ouvido o repórter da WRC TV, Julian Porter, e assistido a câmera onboard de Latvala, os comissários entenderam que a justificativa do finlandês "não era plausível" e decidiram puni-lo.

O regulamento da competição prevê que os pilotos que vierem a acertar alguém tem a obrigação de checar a situação do atingido.

Latvala ainda foi obrigado a abandonar o estágio, devido aos danos em seu carro e o longo período de espera para a manutenção.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias WRC
Evento Rali de Monte Carlo
Pilotos Jari-Matti Latvala
Equipes Volkswagen Motorsport
Tipo de artigo Últimas notícias