Citroen corta programa do WTCC em 2017 e deixa Loeb a pé

compartilhar
comentários
Citroen corta programa do WTCC em 2017 e deixa Loeb a pé
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
19 de nov de 2015 11:28

Montadora francesa reduz sua estrutura para apenas dois carros de fábrica em 2016 sem o time do nove vezes campeão de rali

Citroën World Touring Car team cars of Yvan Muller, Sébastien Loeb, Ma Qing Hua, Jose Maria Lopez
Jose Maria Lopez, Citroën C-Elysée WTCC, Citroën World Touring Car team and Sébastien Loeb, Citroën C-Elysée WTCC, Citroën World Touring Car team
Sébastien Loeb, Citroën C-Elysée WTCC, Citroën World Touring Car team
Sébastien Loeb, Citroën C-Elysée WTCC, Citroën World Touring Car team

Dominando o campeonato desde o ano de 2014 com o argentino José Maria Lopez, a Citroen sairá do WTCC ao final da temporada de 2016.

A decisão do Grupo Peugeot Citroen PSA de entrar na Fórmula E com sua submarca DS acabou fazendo com que um dos dois programas de competição da marca - o WRC ou WTCC – fosse cortado.

Por isso, no próximo ano a Citroen vai diminuir seus quatro carros de fábrica para apenas dois, mantendo o campeão Lopez e Yvan Muller e tirando espaço de Ma Qing Hua e Sebastien Loeb.

O nove vezes campeão WRC, que correrá o Rali Dakar com a Peugeot em janeiro, pode optar por continuar a correr com o sua própria equipe apesar de ser descartado pela fábrica da Citroen. O francês também poderá abandonar o campeonato.

A montadora francesa também decidiu que irá ter um ano de hiato em seu programa no WRC para se focar em 2017.

Próxima WTCC matéria
Citroën deve decidir entre WTCC e WRC até fim do ano

Previous article

Citroën deve decidir entre WTCC e WRC até fim do ano

Next article

Em meio a Stock, Girolami pode participar do WTCC no Japão

Em meio a Stock, Girolami pode participar do WTCC no Japão
Load comments