Wehrlein pode voltar ao DTM em 2018 na vaga de Wickens

compartilhar
comentários
Wehrlein pode voltar ao DTM em 2018 na vaga de Wickens
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Co-autor: Julia Spacek
20 de dez de 2017 15:42

Campeão de 2015 concorre a assento da Mercedes junto com Daniel Juncadella

Mattias Ekström, Audi Sport Team Abt Sportsline, Audi A5 DTM
Pascal Wehrlein, Sauber
Pascal Wehrlein, Sauber C36

Depois de perder seu assento na Sauber na Fórmula 1 para Charles Leclerc e não conseguir a vaga ao lado de Lance Stroll na Williams, Pascal Wehrlein agora está pesando em retornar ao DTM pela Mercedes.

A decisão da fabricante alemã de desistir do DTM ao final de 2018 para dar prioridade à Fórmula E, levou Robert Wickens a se juntar á Schmidt Peterson Motorsports na Indy.

Isso abre uma vaga, que provavelmente será preenchida por Daniel Juncadella, que correu no DTM pela Mercedes de 2013 a 2016, se Wehrlein preferir se concentrar em garantir um papel de terceiro piloto na F1.

Entende-se que a Mercedes não está interessada em colocar um novato à sua formação para a temporada derradeira, o que significa que Maximilian Gunther está prestes a perder um lugar no DTM em tempo integral.

No entanto, Gunther poderá correr em Lausitz, quando dois pilotos da Mercedes - Edoardo Mortara e Maro Engel - têm compromisso na Fórmula E em Berlim.

Uma decisão sobre onde Mortara e Engel correrão será feita de acordo com o desempenho de cada um em ambos os campeonatos.

Lucas Auer, Gary Paffett e Paul di Resta, que também era candidato ao assento Williams na F1, permanecerão para a temporada completa de 2018.

Próxima DTM matéria
DTM anuncia calendário completo para temporada de 2018

Previous article

DTM anuncia calendário completo para temporada de 2018

Next article

Bicampeão Ekstrom deixa DTM e abre lugar para Frijns

Bicampeão Ekstrom deixa DTM e abre lugar para Frijns
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria DTM
Pilotos Daniel Juncadella , Pascal Wehrlein
Equipes HWA AG
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias