Pedro Piquet: Top-10 é meta em primeiro ano na F3 Europeia

compartilhar
comentários
Pedro Piquet: Top-10 é meta em primeiro ano na F3 Europeia
Gabriel Carvalho
Por: Gabriel Carvalho
12 de dez de 2015 10:15

Bicampeão da F3 Brasil fala também sobre primeiras impressões do carro e diz que entrosamento com equipe Van Amersfoort já está em um bom nível

Pedro Piquet
Pedro Piquet, Racing Driver and son of Nelson Piquet
(L to R): Felipe Nasr, Sauber with Pedro Piquet, Racing Driver and son of Nelson Piquet
Pedro Piquet
Pedro Piquet comemora a vitória
Pedro Piquet
Pedro Piquet

Bicampeão da F3 Brasil, Pedro Piquet, dominou a temporada 2015 do campeonato, conquistando o título com antecedência e marcando todas as poles nas provas deste ano. Em 2016, o filho de Nelson Piquet, tricampeão mundial de Fórmula 1, começa a trilhar o próprio caminho na Europa ao estrear na F3 Europeia pela tradicional Van Amersfoort, equipe que revelou pilotos como Max Verstappen, hoje na Toro Rosso.

Em conversa exclusiva com o Motorsport.com, Piquet falou sobre as primeiras impressões do carro, da equipe e sobre o que ele espera fazer no ano de estreia da categoria de base mais disputada da Europa.

“Primeiro, precisamos ver onde estaremos na primeira classificação, que deve mostrar nosso nível em relação aos adversários e dali pra frente trabalhar em cima disso. Andar entre os dez primeiros e pontuar é uma boa meta para o primeiro ano”, disse, para em seguida comparar o carro da F3 Brasil com o que ele encontrou na Europa.

“Bom, estou mais acostumado com o carro daqui – que é mais rápido nas retas, nas curvas, em tudo. A FIA vai restringindo o regulamento após alguns anos – o chassi do Brasil é cheio de aletas e o chassi do próximo ano (na F3 Europeia) terá menos (apêndices aerodinâmicos)”, afirmou o piloto de 17 anos.

“O carro de lá tem um motor mais fraco e um pneu mais duro, que demora mais para atingir a temperatura ideal, e a gente demora para virar boas voltas. A maior dificuldade no momento é essa, mas a cada treino há evolução nesse aspecto e a tendência é melhorar”, disse o brasiliense.

Pedro Piquet mencionou, por fim, que já se sente bem dentro da equipe Van Amersfoort e disse que ainda não sabe quem será o companheiro de equipe na temporada 2016 da F3 Europeia. Além disso, o piloto ainda terá o último contato com o carro que pilotará no próximo ano na semana que vem, em Valência.

“Já estamos bem entrosados, participando mais das decisões. É uma equipe sem politicagem, o dono, Frits (Van Amersfoort) é uma pessoa muito legal, sem frescura. Estou bastante satisfeito até agora", afirmou. 

"Ninguém foi anunciado, o Harry Newey e o Callum Ilott foram os que mais andaram comigo, mas ainda não sei quem estará (na equipe). Na semana que vem, farei quatro dias de testes em Valência e serão as últimas sessões antes de março", completou.

 

Next article

Next article

Van Amersfoort anuncia companheiro de Pedro Piquet

Van Amersfoort anuncia companheiro de Pedro Piquet
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria F3 Europe
Pilotos Pedro Piquet
Autor Gabriel Carvalho
Tipo de matéria Últimas notícias