Albon: Quase desisti da carreira após saída da Red Bull em 2012

compartilhar
comentários
Albon: Quase desisti da carreira após saída da Red Bull em 2012
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
30 de nov de 2018 14:01

Tailandês celebra persistência e vaga na Toro Rosso na Fórmula 1 após anos de tentativas: "eu nunca desisti, precisava acreditar”

Novo piloto da Toro Rosso após uma boa temporada na Fórmula 2 neste ano, Alexander Albon era piloto do programa júnior da Red Bull quando fez sua estreia no automobilismo, em 2012, mas foi tirado depois de um duro primeiro ano na Fórmula Renault.

Em uma entrevista à Red Bull, ele disse que quase desistiu de correr inteiramente.

"Foi um ano difícil para mim por várias razões, não apenas por causa dos meus resultados, mas me fez trabalhar muito mais", disse Albon.

"Eu estava a ponto de parar de correr. Desde então, eu sabia que tinha que impressionar toda vez que estivesse guiando e, felizmente, o Dr Helmut Marko me deu uma segunda chance."

Albon só conseguiu correr na F2 neste ano por causa da ajuda de sua equipe DAMS.

Quando o acordo de Albon foi confirmado, ele agradeceu publicamente a DAMS e seu chefe Jean-Paul Driot, que também lidera o braço da equipe da F-E que esteve com a Renault até a última temporada e nesta próxima será da Nissan.

Albon disse que sabia que vencer era sua “única” chance de correr na Fórmula 1 para convencer Marko, seu chefe de automobilismo da Red Bull. Ele foi o terceiro na F2, atrás de George Russell e Lando Norris, convencendo o austríaco novamente.

"Eu nunca desisti, eu precisava acreditar que isso ainda poderia acontecer", disse Albon.

"Tendo dito isso, eu sabia que a minha chance de ir para a F1 era muito pequena, pois eu não tinha um orçamento adequado. Na realidade, a única maneira que eu teria a oportunidade seria através da Toro Rosso/Red Bull, mas, como todos sabemos, não é fácil impressionar o Dr. Marko."

Albon disse que seu acordo com a Toro Rosso foi confirmado na última segunda-feira, após o final da temporada em Abu Dhabi, enquanto ele estava comprando um par de tênis.

"Eu fiquei muito animado, porque esperei por este momento desde os seis anos de idade", disse Albon.

"Não posso dizer que surgiu do nada, porque tenho tentado resolver a minha situação com a e.dams Nissan para me permitir estar na Toro Rosso nos últimos meses. Eu ainda não conseguia acreditar que finalmente havia acontecido."

Albon, que venceu quatro corridas na F2 nesta temporada, nunca pilotou um carro de F1 antes e não andou com a Toro Rosso no teste pós-GP de Abu Dhabi.

Ele disse que não estabelecerá metas para 2019.

"É mais uma tentativa de maximizar cada final de semana de cada corrida", disse Albon.

"Não terei muitos dias no carro antes de Melbourne, por isso será muito importante estar o mais preparado possível e levar cada corrida como ela se apresenta. É claro que seria bom lutar regularmente por pontos no final."

Next article
Red Bull: Mais 50 cv teriam mudado nossa temporada

Previous article

Red Bull: Mais 50 cv teriam mudado nossa temporada

Next article

Force India confirma Lance Stroll e fecha oficialmente grid 2019

Force India confirma Lance Stroll e fecha oficialmente grid 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Alexander Albon
Equipes Toro Rosso Shop Now
Autor Scott Mitchell