Alonso desbanca Mercedes e lidera primeiro treino livre

Carro de Hamilton quebra antes da primeira volta e time com motor Renault foi o que mais andou

Fernando Alonso desbancou as favoritas Mercedes e liderou a primeira sessão de treinos livres para o GP da Austrália, que abre a temporada. O espanhol da Ferrari foi o único a andar abaixo dos 1min32, superando Jenson Button em meio segundo. Felipe Massa, da Williams, foi o quarto colocado, andando no mesmo décimo do companheiro Valtteri Bottas, terceiro.

O treino não começou bem para a equipe considera a favorita para este início da temporada, a Mercedes: Lewis Hamilton parou na pista logo em sua primeira volta e voltou a pé para os boxes. Segundo a equipe, um alarme de pressão de óleo foi ativado, levado o motor a se desligar como precaução.

Assim, foi Daniel Ricciardo abriu os trabalhos para a Red Bull, marcando um tempo que demorou 20 minutos para ser batido – enquanto seu companheiro, Sebastian Vettel, via o carro longe de estar pronto nos boxes. Além do australiano e de Daniil Kvyat, apenas pilotos com carros equipados com motores Mercedes marcaram tempos até que Fernando Alonso foi o primeiro a andar na casa de 1min33, com 25 minutos de atividade de pista.

O espanhol ainda baixaria de 1min32 antes de voltar aos boxes, sendo tirado da primeira colocação por Jenson Button, com 45 minutos de sessão. Neste momento, que representa a metade do treino, Nico Rosberg era terceiro e Ricciardo, o quarto. Apenas 11 pilotos, ou metade do grid, havia marcado tempo.

Com 39 minutos para o final, foram à pista pela primeira vez Felipe Massa e Sebastian Vettel. A saída do alemão, porém, durou apenas por uma volta de instalação. Já o brasileiro fez uma sequência de 10 voltas, marcando o terceiro tempo.

Enquanto isso, Alonso melhorou sua marca e foi o primeiro a entrar em 1min31. Com pouco menos de meia hora para o final, Vettel voltou à pista e deu cinco voltas, sendo que, quando retornou à pista, vinha com tempo suficiente para entrar no top 3. Nos últimos minutos, pouca gente melhorou sua marcas.

Os pilotos andaram relativamente pouco na primeira sessão: quem mais trabalhou foi Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, curiosamente, um dos pilotos com motor Renault, o mais problemático da primeira temporada. Por outro lado, outras duas equipes que usam os motores franceses, Caterham e Lotus, sequer marcaram tempo.

A próxima sessão de treinos livres tem início às 2h30 pelo horário de Brasília.

Confira os tempos da primeira sessão:
 
Fernando Alonso Ferrari 1:31.840  
Jenson Button McLaren-Mercedes 1:32.357 +0.517
Valtteri Bottas Williams-Mercedes 1:32.403 +0.563
Felipe Massa Williams-Mercedes 1:32.431 +0.591
Daniel Ricciardo Red Bull Racing-Renault 1:32.599 +0.759
Nico Rosberg Mercedes 1:32.604 +0.764
Sebastian Vettel Red Bull Racing-Renault 1:32.793 +0.953
Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 1:32.847 +1.007
Kimi Räikkönen Ferrari 1:32.977 +1.137
10º Jean-Eric Vergne STR-Renault 1:33.446 +1.606
11º Nico Hulkenberg Force India-Mercedes 1:33.533 +1.693
12º Sergio Perez Force India-Mercedes 1:33.855 +2.015
13º Daniil Kvyat STR-Renault 1:34.272 +2.432
14º Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari 1:35.578 +3.738
15º Adrian Sutil Sauber-Ferrari 1:36.445 +4.605
16º Jules Bianchi Marussia-Ferrari 1:40.859 +9.019
17º Max Chilton Marussia-Ferrari 1:46.922 +15.082
18º Marcus Ericsson Caterham-Renault    
19º Lewis Hamilton Mercedes    
20º Kamui Kobayashi Caterham-Renault    
21º Pastor Maldonado Lotus-Renault    
22º Romain Grosjean Lotus-Renault    
  
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias