"Aparência boa é a aparência vencedora", destaca Vergne

Francês não liga para semelhança dos carros com um "aspirador de pó" e diz viver ano chave na Toro Rosso e na F1

Vergne:

Os inusitados bicos dos carros projetados para a temporada 2014 foram o principal assunto em Jerez de la Fronteira, na Espanha, no início da pré-temporada. Na Toro Rosso, a dupla Jean-Eric Vergne e Daniil Kvyat brincou com a aprência dos carros, mas lembrou que importante é o desempenho na pista.

“Alguns bicos parecem um aspirador de pó”, comparou Vergne. “Mas a melhor aparência para um carro é a aparência vencedora. Saberemos durante os testes cada carro está em relação ao desempenho. Será diferente, claro, do carro do ano passado, mas é difícil dimensionar agora”, completou o piloto, que terá um ano chave na categoria. Caso não convença a direção da Red Bull, dificilmente permanecerá em 2015.

“É um ano chave para mim e para a Toro Rosso também. Por isso todos estamos buscando fazer o melhor e estamos bem confiantes. Tanto eu, quanto os engenheiros. É um ano bem difícil para todos os times, com todas as mudanças, mas isso significa uma boa oportunidade para nós. Podemos nos aproximar dos carros da frente”, comentou. 

Para seu companheiro, que estréia este ano na F1, a mudança de regulamento pode lhe ajudar em relação aos adversários, mas não muito. “Acho que muitas coisas mudaram para todos os pilotos, mas não tanto assim. Hoje em dia os pilotos aprendem rápido as mudanças no carro, as condições das pistas, então isso muda muita pouco. Eu não dirigi o carro, então preciso aprender algumas coisas a mais. É um grande desafio entrar na F1. Mas gosto de desafios e de aprender com eles”, disse o russo.

Kvyat também falou sobre a estética do carro da Toro Rosso, que assim como todos os outros, não agradou muito aos fãs, mas destacou o fundamental é que tenha velocidade. “O carro não é nenhum ‘top model’, mas o importante no fim é que ele seja rápido e bom de pilotar. É isso que queremos quando entramos no carro. E talvez ainda tenhamos muitas mudanças nos carro durante o ano, até em relação aos bicos. Espero que a gente tenha um carro competitivo. Sei que todos fizeram um grande trabalho para deixar o carro pronto para estes testes, muitas pessoas se envolveram, é um grande processo. Agora chegou a hora de guiá-lo e é um momento que aprecio muito”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat
Tipo de artigo Últimas notícias