Arrivabene: Vettel ainda será campeão mundial com a Ferrari

compartilhar
comentários
Arrivabene: Vettel ainda será campeão mundial com a Ferrari
Matteo Nugnes
Por: Matteo Nugnes
Traduzido por: Daniel Betting
16 de out de 2018 20:52

Chefe da equipe Ferrari deu algumas opiniões interessantes e comparou a escolha de Charles Leclerc com a de Gilles Villeneuve

Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal
Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H.
Charles Leclerc, Sauber
Charles Leclerc, Sauber

Murizio Arrivabene participou da conferência 'Ferrari, lenda viva', realizada no Teatro Sociale de Trento, dentro do Festival do Esporte, organizado pelo jornal italiano Gazzetta dello Sport.

Não faltaram comparações entre o atual piloto de equipe Sebastian Vettel e seu compatriota Michael Schumacher.

"Nos tempos de Schumacher, por meio do patrocinador, tinha acesso ao rádio da Ferrari. Obviamente, às vezes, quando Sebastian fala, por um momento, acho que é Michael. Pelo sotaque, mas não só por isso. Eles têm muitas semelhanças", explicou Arrivabene.

Leia também:

"Michael tinha uma grande humanidade, uma profundidade. Seb é uma pessoa mais direta. E tem pela Ferrari uma verdadeira paixão. Quando eu era criança e estava de férias na Itália, todos os anos eu passava pelo menos um dia em Maranello com seu pai Norbert", revelou.

"Uma paixão que é positiva e que talvez crie algum problema em termos de emoção. Mas eu prefiro assim. Tenho certeza de que, mais cedo ou mais tarde, Vettel será campeão mundial com a Ferrari."

Mas se o presente se chama Sebastian Vettel, o futuro está no nome de Charles Leclerc. Com o monegasco, a equipe de Maranello volta a apostar em jovens pilotos, o que fez Arrivabene lembrar um pouco da contratação de Gilles Villeneuve.

"Era um grande fã dele. Me divirto com os comentários que fizeram quando escolhemos Charles, que no DNA da Ferrari não está apostar em jovens pilotos e com pouca experiência. E com o Gilles?”

No próximo domingo, em Austin, a corrida pelo título pode chegar ao seu capítulo final, se Lewis Hamilton terminar a corrida com 75 pontos à frente de Vettel, mas Arrivabene não quer deixar os Estados Unidos com o título decidido.

"Precisamos acreditar ainda. É muito difícil, mas é possível fazê-lo", concluiu o chefe da Ferrari.

Next article
Hipermacios dominam escolhas de pneus para GP do México

Previous article

Hipermacios dominam escolhas de pneus para GP do México

Next article

FIA: Não há planos de atrasar regulamento de 2021

FIA: Não há planos de atrasar regulamento de 2021
Load comments