Atrás de Ocon, Perez diz: “posição de grid pouco importa”

Piloto tem problemas na classificação, mas consegue boa volta no Q3 e fica com oitavo melhor tempo

O mexicano Sergio Perez espera marcar seus primeiros pontos no ano no GP do Azerbaijão deste domingo. Zerado até aqui nesta temporada, ele fez um trabalho satisfatório na sessão de classificação deste sábado em Baku, e foi o oitavo, logo atrás do parceiro Esteban Ocon.

"O vento prejudicou muito, por isso você viu os erros de muitos pilotos. Amanhã parece que ele vai aumentar mais, então vamos ver muitos erros mais amanhã ", previu o piloto da Force India em entrevista à Fox Sports Latin America.

"Foi uma qualificação muito complicada, como esperávamos. Tive todos os tipos problemas. Eu cometi um erro no Q1 e passei reto na curva 15. Depois disso, tive pneus muito ruins."

Perez reconheceu que no Q2 a sorte não estava totalmente do seu lado. "Nós ficamos perto de estar fora. Na minha primeira volta na Q2 havia uma bandeira amarela, e na segunda a única coisa que eu estava procurando era garantir tempo. Eu queria entrar no Q3 e sabia que tinha margem para isso”.

"No Q3, Esteban fez um bom trabalho e ficou à nossa frente, mas é uma corrida em que a posição inicial pouco importa."

Quanto ao resultado, Perez disse que tem uma importante oportunidade para somar seus primeiros pontos: "estamos felizes porque somos os melhores do meio do grid. Temos margem suficiente, e esperamos que amanhã possamos somas bons pontos para a equipe".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Sub-evento Sábado - Treino classificatório
Pista Baku City Circuit
Pilotos Sergio Perez
Equipes Force India
Tipo de artigo Reactions