Barrichello nega problemas na Globo e diz "só ter a agradecer"

Após fim de contrato antes da conclusão da temporada, ex-comentarista afirma ter "outros planos"

Rubens Barrichello usou sua página do instagram para se pronunciar a respeito de sua saída da TV Globo antes do final da temporada da Fórmula 1. O ex-piloto da categoria negou ter tido problemas com outros membros da equipe, ao contrário do que foi apurado pelo TotalRace.

[publicidade] Hoje na Stock Car, Barrichello disse “só ter a agradecer os dois anos de aprendizado, especialmente ao Galvão, Reginaldo, Burti, Mari Becker, Courege (sic), Jaime Brito e ao câmera Baiano (figuraça). Fazer o grid ao vivo era uma loucura mas adrenalina pura e muito divertido.”

LEIA MAIS:

Rubinho se alinhou à postura da Globo ao citar que seu contrato terminava antes de GPs importantes para a emissora, como o GP Brasil e a decisão do campeonato, em Abu Dhabi. “Com a Globo eu tinha um contrato de corridas e este contrato acabou. Tenho outros planos.”

O ex-F-1 ainda rebateu boatos de que teria se oferecido à Mercedes como piloto de testes para a próxima temporada. “Pra aqueles q dizem q o problema era
ter namorado a Mercedes, primeiro não namorei. Segundo, a Mercedes é a antiga Brawn [pela qual correu em 2009] portanto falo com eles toda hora. E terceiro se eu tivesse namorado e eles tivessem me chamado para correr eu poderia porque tinha clausula no meu contrato que me permitia correr de F1 caso convidado. Enfim, tudo certo.”

Não há menção aos dois episódios citados pelo TotalRace: os problemas do GP de Mônaco de 2014, que causaram mal estar dentro da emissora, e sua participação no canal de vídeos “Acelerados”, que não fora permitida pela Globo.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias