Bottas revela que quase ficou sem combustível no fim do GP

compartilhar
comentários
Bottas revela que quase ficou sem combustível no fim do GP
Por: Glenn Freeman
11 de jun de 2018 17:35

Finlandês diz que tirou o pé para salvar combustível ao fim das 70 voltas e viu Max Verstappen cruzando muito perto

Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, leads Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, leads Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, leads Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, leads Marcus Ericsson, Sauber C37
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09

A TV não mostrou, mas Valtteri Bottas acabou cruzando a linha de chegada com Max Verstappen bem próximo no final do GP do Canadá do último domingo. Isso porque Valtteri tinha problemas de consumo de combustível e teve medo de que não pudesse terminar a prova.

Nada disso contou após a confusão da bandeirada, que reduziu a corrida em duas voltas, mas o finlandês revelou que ficou assustado.

"Todo mundo tinha que economizar combustível, mas acho que a Ferrari tinha ritmo na mão para começar a economizar combustível no primeiro stint", disse Bottas.

"Naquele momento estávamos tentando nos aproximar e nos preocupamos com isso mais tarde. Usamos um pouco mais de combustível no primeiro stint, então tive que economizar bastante no segundo.”

"Eu acho que não terminei com nenhum combustível, mesmo com a grande tirada de pé pouco antes da linha de chegada – e é por isso que Max ficou muito perto, porque nós estávamos muito críticos em combustível."

Bottas disse que "não teria conseguido" chegar se a corrida durasse mais uma volta, embora Verstappen tenha dito que esse não era um ponto particularmente relevante, já que as equipes baseiam seus cálculos de combustível precisamente na distância real da corrida.

"Valtteri foi muito preciso", brincou. "Ele tirou o pé um pouco mais cedo e eu apenas continuei com o pé embaixo, então estava muito próximo na linha”.

"Se não houvesse problema com combustível, ou o que quer que fosse, teria sido muito difícil passar, porque era complicado seguir dentro de um segundo do carro à frente, mas dei tudo o que tinha."

Bottas disse que mesmo usando mais combustível no primeiro stint, ele não conseguiria acompanhar Vettel, que disse que estava administrando seu ritmo desde o começo.

"Nós nos esforçamos muito para chegar na Ferrari no primeiro stint, mas não conseguimos igualar o ritmo", disse Bottas.

"Falando com Sebastian depois da corrida, ele disse que estava economizando combustível durante toda a prova consistentemente. Nós estávamos dando tudo o que tínhamos no primeiro stint para tentar acompanhá-lo.”

"Não tínhamos ritmo suficiente para isso. Eles tinham uma pequena margem que poderiam usar para economizar combustível e controlar a corrida."

Next article
GALERIA: Canadá entra na lista de corridas com fim prematuro

Previous article

GALERIA: Canadá entra na lista de corridas com fim prematuro

Next article

Ricciardo revela dificuldades com novo motor da Renault

Ricciardo revela dificuldades com novo motor da Renault
Load comments