Brawn: 3 anos após acidente, legado de Schumacher continua

27,022 visualizações

Para ex-membro de Benetton, Ferrari e Mercedes, força da família em tempo difícil é fator a ser elogiado

Para Ross Brawn, que trabalhou nos sete títulos de Michael Schumacher na Fórmula 1, o legado do alemão ainda é sentido nas equipes mais bem-sucedidas do campeonato.

Exatos três anos após o acidente de esqui que deixou Schumacher com sérios ferimentos na cabeça, Brawn sente que tanto a Ferrari quanto a Mercedes devem muito ao que o alemão fez durante sua estadia nessas equipes.

"Michael com certeza contribuiu para a organização e estrutura que alcançou o sucesso na Mercedes", disse Brawn em entrevista à CNN, que foi transmitida nesta quinta-feira (29).

"Ele ajudou a criar o sucesso que tivemos na Ferrari e ele continuou essa abordagem na Mercedes."

Brawn sente que o foco completo de Schumacher em querer alcançar o sucesso agiu como um motivador enorme para as pessoas com as quais ele trabalhou. Todos sentiam que tinham que dar tudo.

Perguntado sobre a força chave de Schumacher, Brawn disse: "Quando você vê um piloto tão empenhado como Michael era, e tão único pensando sobre o sucesso, ele arrasta você junto também”.

"Você sabia que tinha que dar tudo e todos eram iguais. Você sabia que com um piloto tão focado em alcançar o sucesso, motivaria as outras pessoas.”

"Michael, apenas estando ao redor, era um motivador enorme para as pessoas. Isso criava uma atmosfera certa. O sentimento positivo dentro da equipe foi uma lição importante que eu aprendi com Michael."

Ele acrescentou: "Com seu conhecimento e maturidade, ele sentava com um grupo de aerodinamicistas ou técnicos de pneus e explicava o que era necessário e inestimável. Ele foi fundamental na criação de sistemas que contribuem para o sucesso que a Mercedes tem hoje."

Força da família

Brawn também elogiou a força da família Schumacher, que tem tido tempos difíceis desde o acidente de esqui em 2013.

Ele sugere que o fato de Mick Schumacher estar fazendo bons progressos no esporte a motor é prova do quão bem a família está lidando com o fato.

"Com o acidente de Michael, não é apenas Michael que sofre, é a família também", disse Brawn.

"Para a família alcançar o que conseguiram, não só com Mick, mas com Gina-Maria e seus cavalos, é um testemunho da força de todos e de Corinna."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags ross brawn