Brawn crê em "ingenuidade" esperar ultrapassagens em Mônaco

compartilhar
comentários
Brawn crê em
Federico Faturos
Por: Federico Faturos
1 de jun de 2018 09:49

Atual diretor esportivo da Fórmula 1 disse que o GP de Mônaco é uma corrida especial e não deveria ser julgado como o resto

Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports
Chase Carey, Chief Executive Officer and Executive Chairman of the Formula One Group and Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports
Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, leads Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Lance Stroll, Williams FW41
Sergio Perez, Force India VJM11
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Lance Stroll, Williams FW41, leads Brendon Hartley, Toro Rosso STR13
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, leads Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09

A sexta etapa da temporada 2018 da Fórmula 1 disputada no último domingo em Mônaco teve Daniel Ricciardo dominante, largando da pole position e liderando as 78 voltas disputadas, apesar de ter um problema em seu motor.

Atrás do piloto da Red Bull, as primeiras seis posições permaneceram inalteradas em relação à ordem inicial.

Após a corrida, alguns piloto foram ouvidos sobre a prova, com Fernando Alonso dizendo que foi "a corrida de F1 mais chata da história".

Ross Brawn, enquanto isso, respondeu àqueles que estavam desapontados com a corrida monegasca.

"Eu ouvi e li vários comentários de pilotos de F1 e pessoas dizendo que a corrida estava chata", escreveu Brawn em sua habitual coluna após a corrida.

"E é verdade que não houve muita ação, ainda mais porque os pneus foram o fator chave, mas é um pouco ingênuo esperar por muitos duelos e manobras em Mônaco."

Brawn disse que Mônaco deve ser tratado como um evento além do resto do calendário, sem comprá-lo com o show que outras provas dão.

"Mônaco é uma corrida especial que não deve ser julgada com os mesmos critérios. A atmosfera no paddock e na cidade, o glamour em torno do evento, tudo o que a torna única", disse ele.

De qualquer forma, Brawn confirmou que o desejo da direção atual da F1 é ter corridas emocionantes e que isso é algo para o qual eles trabalham constantemente.

"Um dos objetivos que definimos para o futuro da Fórmula 1 é trabalhar em conjunto com os promotores e todos os acionistas para garantir que os novos circuitos ofereçam mais oportunidades de ultrapassagens e que os atuais sejam melhorados."

"Naturalmente, a opinião dos pilotos é bem-vinda e nossa porta está sempre aberta."

"No entanto, em Mônaco seria preciso ganhar terreno para o mar para fazer algo e isso definitivamente não depende de nós!"

O Príncipe Albert de Mônaco revelou no ano passado que gostaria que a pista atual fosse estendida entre o túnel para uma área perto do mar, mas até agora o projeto está longe de ser uma realidade.

Próxima Fórmula 1 matéria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Federico Faturos
Tipo de matéria Últimas notícias