Brawn pede melhor sistema de revisão de incidentes na F1

compartilhar
comentários
Brawn pede melhor sistema de revisão de incidentes na F1
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
25 de out de 2017 08:47

Ele acredita que a categoria deve considerar um novo sistema de avaliação para resolver melhor incidentes controversos

Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, at the start
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13

Os fãs da F1 e muitos envolvidos com o esporte ficaram decepcionados com a forma de como Max Verstappen foi penalizado ao cortar a pista ao ultrapassar Kimi Raikkonen, valendo o terceiro lugar no GP dos Estados Unidos.

Embora não haja dúvidas sobre ele ter todas as quatro rodas fora da pista, há o desconforto sobre a maneira pela qual outros pilotos também escaparam de pista em vários pontos da corrida sem qualquer punição.

Red Bull e Verstappen também estavam mais chateados com a decisão de punir o holandês tão rapidamente e sem a chance de falar com os pilotos envolvidos.

Agora, Ross Brawn, que é diretor de automobilismo na F1, pensa que chegou o momento de garantir que, na sequência de incidentes similares, haja a chance de que os envolvidos no caso deem sua versão dos eventos.

Escrevendo em seu boletim regular de pós-corrida, Brawn disse que seria melhor se as equipes pudessem falar com a FIA.

"Eu acredito que seria bom rever casos como este com todas as partes relevantes, a FIA e as equipes", disse Brawn.

"Em todos os esportes, a tecnologia está cada vez mais importante para permitir que os árbitros tomem decisões esportivas com mais precisão e prontidão. Está acontecendo mesmo no futebol, onde um sistema de revisão de vídeo está em vigor em campeonatos como a Bundesliga na Alemanha e a Serie A na Itália.

"Na Fórmula 1, já temos tecnologia de vídeo excepcional, mas acho que precisamos olhar para como a utilizamos para manter a precisão e a consistência."

Próxima Fórmula 1 matéria
Massa: Kubica “terá problemas” se correr na F1

Previous article

Massa: Kubica “terá problemas” se correr na F1

Next article

Coluna do Vandoorne: Estou feliz com a permanência de Alonso

Coluna do Vandoorne: Estou feliz com a permanência de Alonso