Button revela que pensou em deixar F1 após 2015 ruim

Britânico teve dúvidas antes de acertar mais um ano de contrato com a McLaren

O britânico Jenson Button admitiu que considerou a possibilidade de se aposentar da Fórmula 1 no final de 2015 diante das dificuldades sofridas pela McLaren ao longo da temporada. O campeão de 2009 disse que só acertou um novo contrato para 2016 depois de semanas de dúvidas sobre o seu futuro.

“No último ano eu não estava certo se eu deveria correr (em 2015) não foi a minha escolha”, disse Button em entrevista para a Sky Sports, ressaltando que o fato de ainda não ter contrato para 2016 abriu a possibilidade de ele pensar em parar.

“Neste ano foi totalmente a minha escolha (correr em 2016) e teve um momento em que pensei não estar certo se gostaria de fazer isso por estar onde estávamos. Obviamente se nós estivermos no mesmo estágio no próximo ano, não será divertido”, completou.

Apesar do fraco desempenho da McLaren nesta temporada, Button disse que foi encorajado pelos planos da Honda em se tornar competitiva. A volta da parceria entre as empresas em 2015 mostrou-se um fracasso, com Fernando Alonso também sempre andando entre os últimos.  

“Eu passei um longo tempo com os engenheiros e conversei mais com o Ron (Dennis, chefe da equipe) nos dois meses em que estava tentando decidir o que fazer no próximo ano. Nós trocamos um monte de ideias e conversamos com os engenheiros para chegar a uma direção e entender para onde estávamos indo com a Honda”, disse.

“Então isso me deixou excitado, me incentivando para o próximo ano por saber que há grandes desenvolvimentos no horizonte”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias