Chefe crê que Renault tenha desistido de comprar Toro Rosso

Franz Tost fala que conversas desaqueceram com montadora francesa e revela que houveram visitas à sua fábrica

Enquanto a Renault não decide o rumo que irá tomar na Fórmula 1, o chefe da Toro Rosso – time sondado pela fábrica no início do ano – se mostrou pessimista quanto à negociação com os franceses. Segundo Franz Tost, a montadora não tem mantido mais contatos constantes com escuderia de Faenza.

“O que posso dizer é o que aconteceu nos últimos meses, a conexão entre a Renault e a Toro Rosso. Sim, eles nos visitaram em Faenza, mas nas últimas semanas as coisas estão sendo silenciosas. Suponho que tenham decidido por comprar outra equipe”, falou Franz.

“Que influencia isso terá na Toro Rosso, nós teremos de ver. Temos de esperar o anúncio. Nós teremos de discutir um programa que atenda solicitações e necessidades dos Toro Rosso.”

Tost também elegeu o maior problema da Toro Rosso em 2015: “Confiabilidade”.

“Muitas vezes tivemos problemas com a unidade de potência, mas não foi só isso. Talvez a equipe também tenha cometido erros. Na corrida em Silverstone tivemos uma falha mecânica no carro que foi de nossa responsabilidade. Portanto, temos de melhorar nossa operação. Temos de trabalhar com mais disciplina. Se conseguirmos isso, vamos marcar mais pontos.”

“Nós temos um bom carro - não sei se é um carro melhor do que a Red Bull. Eles estão na quarta posição no campeonato de construtores e nós em sétimo. Deixe-me dizer o seguinte: a Toro Rosso é um carro muito competitivo.”

“A equipe que trabalha ao redor de James Key [diretor técnico] já fez um trabalho fantástico. Agora depende de nós conseguir os resultados. Mas para marcar pontos, temos de ver a bandeira quadriculada.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias