Ecclestone apoia plano para adequar nova classificação da F1

Ideia mais discutida no momento é a de aproveitar o sistema eliminatório no Q1 e Q2 e deixar o Q3 no formato antigo

Depois de ficar irritado com o final do Q3 na Austrália, o chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, tem apoiado o plano para renovar a treino classificatório em formato eliminação para o GP do Bahrein.

O Motorsport.com revelou na quarta-feira que, em vez de reverter para o sistema de qualificação antigo na próxima corrida, os chefes da F1 estão afiando um plano para um conceito de eliminação híbrida.

Os tempos de Q1 e Q2 teriam de ser alterados para permitir mais voltas, enquanto o Q3 seria como no antigo formato.

A questão está atualmente enfrentando a aprovação na Comissão de F1, e então estaria pronta para uma ratificação iminente do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA.

Reformulação

Em declarações à Gazzetta dello Sport, Ecclestone disse que, embora as equipes não fossem a favor dos ajustes, ele acredita que elas vão ter que apoiar o plano de reformulação.

"As equipes estão discutindo isso e eles querem voltar", disse ele. "Se eu fosse dar uma opinião, eu diria que vamos continuar com o formato da Austrália."

Ecclestone disse que era importante que a F1 não abandonasse simplesmente os esforços para tentar coisas novas - mesmo que elas não funcionem pela primeira vez.

"Eu sou um homem prudente, e novas coisas devem ser testadas", disse ele. "A nova qualificação causou um pouco de choque, mas talvez possamos salvar o bom do formato."

Ele acrescentou. "Sou um empresário e devo vender F1 para os organizadores da corrida".

"Se os fãs não assistirem, em seguida, eu tenho menos dinheiro para dar às equipes. É por isso que eu tenho que encontrar a melhor solução e por isso ter pilotos sendo eliminados a cada 90 segundos pode ser emocionante."

Melhorias

Ecclestone manifestou-se contra o novo sistema logo após o final do Q3 em Melbourne, quando não havia carros na pista.

Mas ele acredita que há espaço lá para a ideia ficar melhor com algumas alterações.

"Eu também estava confuso como foi a primeira execução e todas as variáveis não poderiam ter sido previstas, como a forma que tudo foi decidido em Q3. Podemos melhorar."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias