"Ele pode estar lá por mérito", diz engenheiro sobre Senna

Alan Permane, que trabalhou com o brasileiro na Renault, afirma que não tem dúvidas sobre sua capacidade

Senna conversa com engenheiros na Williams

Com uma temporada e meia de experiência na F-1, o verdadeiro potencial de Bruno Senna ainda desperta dúvidas. Tanto, que em seus comunicados oficiais que anunciavam sua contratação pela Williams faziam questão de destacar o processo de avaliação pelo qual o piloto havia passado na equipe.

Pelo menos na opinião de Alan Permane, diretor de operações da Lotus, ex-equipe de Senna, o time de Grove não tem do que se preocupar. De acordo com o engenheiro, que trabalhou com nomes como Michael Schumacher, Fernando Alonso e Robert Kubica, o brasileiro deixou uma boa impressão na equipe.

“Não acho que haja qualquer dúvida a respeito de seu ritmo. O que o atrapalha – e ele sabe disso – é a consistência. Mas ele não teve chance de mostrar isso. Ele fez oito corridas conosco, mas muitas delas foram comprometidas por problemas no carro”, justificou à BBC.

De acordo com Permane, é difícil dizer o quão rápido Senna é pois seu companheiro na então equipe Renault, Vitaly Petrov, não é exatamente o melhor parâmetro.

“Bruno era pelo menos tão – se não mais – rápido em relação a Vitaly. É difícil dizer se ele será um Alonso/Kubica/Schumacher, mas alguns pilotos demoram mais tempo para aparecer.”

Permane dá o exemplo de Jenson Button, que correu pela Renault no início dos anos 2000.

“Olhe para Button – quando ele correu para nós, Giancarlo Fisichella o destruiu, e Fisi seria o primeiro a admitir que ele não é um gênio. Ele era um ótimo número dois. Mas agora Jenson é fantástico. Senna pode fazer isso? Só o tempo dirá.”

O engenheiro salienta a dificuldade de estar na posição em que Bruno esteve ano passado, quando assumiu o cockpit da Renault no meio da temporada.

“Ele é muito confiante, muito relaxado, e quase é melhor quando é pressionado. Os carros de hoje em dia são mais complicados de pilotar para alguém que entra no meio do ano. Acho que ele fez um trabalho brilhante tendo isso em vista. Definitivamente há algo ali. Ele pode estar lá por mérito.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias