Empresário de Verstappen desmente veto da Red Bull no Canadá

compartilhar
comentários
Empresário de Verstappen desmente veto da Red Bull no Canadá
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
21 de jun de 2018 12:08

Raymond Vermeulen diz que não há "nenhuma mensagem especial" por trás de ausência sua e de Jos Verstappen em Montreal

Max Verstappen, Red Bull Racing, in cockpit.
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Jos Verstappen
Max Verstappen, Red Bull Racing with his Father Jos Verstappen
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14

O empresário de Max Verstappen, Raymond Vermeulen, e o pai do piloto, Jos Verstappen, não compareceram ao fim de semana da Fórmula 1 em Montreal, deixando a estrela da Red Bull sozinha pela primeira vez em sua carreira na F1.

Vermeulen está de volta ao paddock no GP da França neste fim de semana.

Leia também:

Max Verstappen teve um fim de semana forte em Montreal, e alguns sugeriram que a ausência de sua equipe administrativa foi um benefício para o holandês, talvez permitindo que ele se concentrasse mais no trabalho que tinha em mãos.

No entanto, Vermeulen minimizou os benefícios e disse que isso sempre esteve no cronograma.

"Já no começo da temporada, fizemos um plano interno sobre quais GPs participaríamos", disse ele ao Motorsport.com. "Houve uma ideia discutida em conjunto com a equipe para ter Max sozinho em uma corrida”.

"Então nós dissemos: 'OK, vamos fazer isso para o Canadá.' Então essa foi a história toda, haverá mais algumas corridas em que Max estará sozinho, mas isso já estava em andamento.”

"Temos um relacionamento muito bom, discutimos tudo junto com a Red Bull. Foi uma tentativa, a primeira corrida em que Max estava sozinho. Mas não há nenhuma mensagem especial por trás disso.”

"Também é parte de seu desenvolvimento que ele não precise de alguém em todas as corridas.”

"Por exemplo, estou aqui neste fim de semana, Jos irá para a Áustria e eu estarei lá também. Em Silverstone Max estará sozinho. Jos estará indo para a Hungria, e em Spa estaremos juntos."

Vermeulen acredita que a mudança de abordagem não afetou diretamente o desempenho de Verstappen no Canadá.

"Max disse que teve um final de semana muito bom. Ele estava sozinho, mas ainda com seu treinador. Ele foi jantar com Helmut Marko e seus mecânicos. Ele só teve um fim de semana de corrida como qualquer outro.”

"Eu não acho que houve uma grande diferença. Aos 20 anos eu acho que ele é velho o suficiente para ir para uma pista sozinho. Não é uma grande coisa.”

"Claro que isso está ganhando uma dimensão agora, porque ele teve um bom desempenho. Houve alguns comentários na imprensa.”

"Mas no passado ele teve pódios quando eu estava aqui e quando Jos estava aqui, então a performance também estava lá quando estávamos por perto."

Próxima Fórmula 1 matéria
Grosjean volta a usar motor que explodiu no Canadá

Previous article

Grosjean volta a usar motor que explodiu no Canadá

Next article

Como a F1 mergulha no desconhecido com maratona inédita

Como a F1 mergulha no desconhecido com maratona inédita

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias