F1 inaugura seu primeiro campeonato mundial virtual

compartilhar
comentários
F1 inaugura seu primeiro campeonato mundial virtual
Andrew van Leeuwen
Por: Andrew van Leeuwen
21 de ago de 2017 10:23

Edição de 2017 será realizada em três etapas e dará ao campeão uma classificação automática às semifinais do torneio do ano que vem

A F1 confirmou que irá coroar um campeão mundial virtual pela primeira vez em 2017. A “F1 eSports Series” será realizada a partir de uma parceria entre a F1, a desenvolvedora de games Codemasters e a Gfinity, especialista em competições virtuais.

A temporada inaugural terá seu início em setembro, coincidindo com o lançamento do jogo F1 2017, com um sistema de qualificação durando por todo o mês para determinar os 40 pilotos mais rápidos.

Eles serão convidados para disputar a semifinal, que será na Gfinity Arena, em Londres, entre os dias 10 e 11 de outubro. Os 20 melhores das semifinais irão à final, que acontecerá como parte do encerramento da temporada da F1, em Abu Dhabi, em novembro.

“Esse lançamento representa uma incrível oportunidade para nossos negócios, tanto estrategicamente quanto com a forma com que engajamos nossos fãs”, disse o diretor comercial da F1, Sean Bratches.

“Primeiro, é uma categoria que está crescendo, com um engajamento de fãs tremendo em que estamos entrando com grande estilo; e estamos orgulhosos em ter a Codemasters e a Gfinity conosco nessa jornada.”

“É claro que, assim como fazemos com a F1, continuaremos evoluindo e inovando com a forma com que realizamos a versão virtual do campeonato da F1 para garantir que forneçamos a mais empolgante e agradável experiência que pudermos aos nossos fãs.”

O campeão virtual de F1 em 2017 não apenas se classificará automaticamente às semifinais do campeonato de 2018, mas também será nomeado o “Campeão virtual especialista da F1” e será incluído como um personagem no jogo F1 2018.

De acordo com o diretor executivo da Codemasters, Frank Saigner, o conceito de eSports levará a interação com os fãs a um outro nível. “Os sSports é um dos setores de games que mais rapidamente estão crescendo, atraindo dezenas de milhões de fãs”, disse.

“Estamos felizes em anunciar essa incrível categoria de corridas com a F1 para nosso futuro jogo F1 2017. A natureza altamente competitiva e o espetáculo em alta velocidade, combinado com a autenticidade de nosso jogo, irão fornecer uma experiência empolgante aos jogadores e aos espectadores ao redor do mundo.”

“Estamos ansiosos para engajar ainda mais profundamente nossa comunidade leal e apaixonada, além de aproximar os fãs tanto de nosso jogo quanto do esporte em si.”

Enquanto esse é o primeiro passo oficial da F1 em direção ao segmento dos eSports, o automobilismo já se alinhou de forma próxima através do programa Nissan GT Academy, famoso por transformar gamers em pilotos de fábrica da Nissan GT.

A Fórmula E realizou um grande evento em Las Vegas, em janeiro, com um prêmio de US$ 1 milhão. Já a McLaren também iniciou seu envolvimento com as competições virtuais que resultará em um gamer contratado como piloto do simulador da equipe.

Próxima Fórmula 1 matéria
Verstappen: Red Bull deve melhorar para garantir permanência

Previous article

Verstappen: Red Bull deve melhorar para garantir permanência

Next article

Para Wolff, colaboração entre pilotos “superou expectativas”

Para Wolff, colaboração entre pilotos “superou expectativas”

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Andrew van Leeuwen
Tipo de matéria Últimas notícias