Force India defende uso de ordens de equipe em Suzuka

Após ver Ocon e Perez batendo por vezes em 2017, time diz que só irá parar de usar ordens quando assegurar quarto lugar entre os construtores

A Force India diz que não irá parar de ditar o comportamento de seus pilotos na pista até que o time conquiste o quarto lugar no mundial de construtores. No último domingo, durante o GP do Japão, a equipe não permitiu que Sergio Perez atacasse Esteban Ocon pelo sexto lugar.

Quando perguntado pelo Motorsport.com sobre o quanto vai demorar para que os pilotos possam voltar a brigar na pista, o chefe de operações da Force India, Otmar Szafnauer, disse: "Depois que o quarto lugar estiver seguro no campeonato. Aí vamos sentar com todos e ver se eles podem realmente disputar novamente."

Szafnauer diz que é possível que o uso atual de ordens de equipe possa voltar a entrar em jogo no início de 2018 também se Perez e Ocon não convencerem o time de sua capacidade de lutar de forma limpa.

No entanto, ele espera que o time volte à situação que tinha com as duplas de pilotos anteriores.

"A equipe sempre vem em primeiro lugar", disse Szafnauer. “Se eles puderem nos provar isso depois deste ano, que eles podem competir de forma sensata, então estou certo de que vamos considerar isso.”

"(Nico) Hulkenberg e Checo (Perez) disputaram de maneira sensata e não bateram um no outro. Se tivermos esse cenário novamente, então não há motivo para sempre ter ordens de equipe."

Szafnauer sugeriu que a forma como os pilotos aceitaram as ordens de equipe no Japão sugere que eles entenderam bem os erros cometidos no passado.

"Eles são caras inteligentes e espero que as lições sejam aprendidas muito rapidamente", disse ele.

"Nossa filosofia aqui é sempre maximizar o potencial da equipe, e temos que fazer o que é necessário para maximizar o potencial da equipe.”

"Geralmente, deixar os pilotos correrem e ir tão rápido quanto possível, maximiza o potencial da equipe. Mas quando eles começam a bater um no outro com frequência, então não maximiza o potencial da equipe, e precisamos fazer algo diferente para maximizar o potencial da equipe.”

"Isso é exatamente o que nós fizemos. Quando estivermos felizes em deixá-los correr e acreditarmos que deixá-los correr é melhor do que segurá-los, vamos fazer isso. Mas ainda não estamos lá."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez , Esteban Ocon
Equipes Force India
Tipo de artigo Últimas notícias