Ganhos de potência da Ferrari impressionam Renault

compartilhar
comentários
Ganhos de potência da Ferrari impressionam Renault
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
18 de jul de 2018 20:35

O chefe da equipe Renault, Cyril Abiteboul, admite ter ficado "impressionado" com os ganhos de potência conseguidos pelos rivais da fabricante francesa nas últimas semanas e, em particular, pela Ferrari

Cyril Abiteboul, Managing Director, Renault Sport F1 Team
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, leads Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18, leads Esteban Ocon, Force India VJM11
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H and Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18

Embora a Renault tenha produzido o que considerou uma atualização significativa para o GP do Canadá, a diferença não parece ter diminuído. Em Silverstone a equipe estava claramente atrás, com os Red Bulls incapazes de acompanharem o ritmo e com os carros largando do top 10 no grid.

"Estou impressionado com os nossos concorrentes", disse chefe da Renault, Cyril Abiteboul, ao Motorsport.com.

"Estou impressionado com o que estamos fazendo, mas também estou impressionado com o que eles estão fazendo, porque é um fato que a diferença não está realmente diminuindo. O que estamos fazendo é apenas nos permitir manter essa lacuna.”

"Eu acho que a Ferrari, em particular, deu um passo importante nas últimas corridas, com sua equipe de trabalho e também com suas equipes clientes. É muito visível, e temos que levar em conta o que estamos fazendo e as prioridades que nos colocamos.”

Leia também:

"Temos que continuar entregando o que devemos entregar na potência".

Abiteboul disse que a diferença para a concorrência foi exagerada em Silverstone pelo aumento do tempo em aceleração total, resultado do aumento dos níveis de downforce e da aderência dos pneus em comparação aos anos anteriores.

Max Verstappen, da Red Bull, disse que o motor francês estava perdendo "70-80bhp" e que estava se tornando "uma luta" em um circuito com mais curvas.

"É realmente incrível o quanto as pistas estão mudando", disse Abiteboul. "Particularmente este ano, com o efeito extra de desenvolvimento normal aerodinâmico e pneus com mais aderência, mas também muitas pistas foram reasfaltadas.”

"Nós nem sempre sabemos o que esperar deste desgaste, e realmente foi uma surpresa ver a quantidade de aderência oferecida por este novo Silverstone, e a porcentagem da pista onde você está agora anda em plena aceleração.”

"Isso faz com que seja uma das pistas mais sensíveis à potência que vimos até agora. Há alguns anos, uma pista como Montreal era uma das mais sensíveis. Na verdade, isso é uma piada agora, comparada à Áustria ou a Silverstone.”

"Então, eu acho que alguns dos comentários feitos pelos pilotos precisam ser colocados no contexto da evolução da pista. Você não necessariamente espera isso de Silverstone, mas na realidade esse é o novo Silverstone."

Próxima Fórmula 1 matéria
Vandoorne diz ter feito o suficiente para seguir na McLaren

Previous article

Vandoorne diz ter feito o suficiente para seguir na McLaren

Next article

Mercedes renova com Hamilton até o fim de temporada 2020

Mercedes renova com Hamilton até o fim de temporada 2020
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias