Grande surpresa do dia, Perez e Kobayashi são desclassificados

Dupla da Sauber, que havia conquistado um sétimo e oitavo lugares, é excluída por irregularidades no carro. Com isso, Massa ganha duas posições

Sergio Perez foi desclassificado depois de marcar pontos em sua estreia

Enquanto o mais jovem campeão da história da Fórmula 1 triunfava mais uma vez, o mais novo entre os estreantes deste ano brilhava no meio do pelotão. Sergio Perez, de 21 anos, foi o sétimo colocado na prova, ultrapassou a Ferrari de Felipe Massa e, de quebra, ainda superou seu companheiro de Sauber, Kamui Kobayashi, que foi o oitavo, em um grande dia para a equipe suíça.

Cerca de três horas após a prova, no entanto, veio a confirmação da FIA de que os carros da Sauber infringiam os itens 3.10.1 e 3.10.2 do regulamento técnico. As regras determinam o posicionamento da carenagem na região traseira.

A equipe suíça anunciou que vai apelar da decisão. 

O diretor técnico da equipe, James Key, se disse surpreso com a decisão. “Parece que havia um problema com a superfície de nosso elemento superior da asa traseira. É uma área que não interfere no funcionamento do componente e, portanto, tem relativamente pouca importância para a sua funcionalidade. Certamente, isso não gera ganho de performance. Estamos checando melhor o desenho das peças para entender a situação”, garantiu.

Com a exclusão, Felipe Massa ganhou duas posições e foi classificado em sétimo. Buemi subiu para oitavo e a dupla da Force India, Adrian Sutil e Paul Di Resta, fechou as posições nos pontos.

A decisão jogou um balde de água fria no que foi uma grande performance do time. Falando com exclusividade ao TotalRace antes da punição, o mexicano reconheceu o trabalho de seu time. "Foi uma corrida incrível. Estou feliz pelo resultado de hoje. Queria agradecer à equipe Sauber", afirmou.

O desempenho do jovem surpreendeu o chefe da equipe. Peter Sauber, do alto de seus mais de 40 anos de envolvimento com o esporte, se disse “perplexo”. “Não esperava um resultado como esse, de jeito nenhum”, falou ao TotalRace logo após a prova. “O oitavo lugar de Kamui estava nos planos, pois ele largou em nono e era algo que poderíamos esperar. Mas o pulo 13º para sétimo de Sérgio só foi possível graças à sua maneira de lidar com os pneus.”

Perez largou em 13º, com pneus duros. Fez seu pit stop na volta 23 e se segurou até o final, o que não era esperado nem mesmo pela equipe. O mexicano aguentou impressionantes 35 voltas com o pneu macio, mais que o dobro de voltas suportado pelas Ferrari, por exemplo. “Tínhamos planejado uma segunda parada, talvez até mesmo uma terceira. Mas a borracha foi segurando, segurando e segurando... Fiquei perplexo!”, comentou Sauber.

Kobayashi, adotando uma estratégia diferente, com duas paradas, chegou logo atrás do companheiro.

Colaborou Ico

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias