Grosjean admite que talvez nunca vença na F1

compartilhar
comentários
Grosjean admite que talvez nunca vença na F1
Federico Faturos
Por: Federico Faturos
10 de ago de 2018 16:43

Francês reconhece que poderá nunca ter a chance de subir ao lugar mais alto do pódio na Fórmula 1, a não ser que haja uma 'Fórmula 1 A' e uma 'Fórmula 1 B'

Romain Grosjean, Haas F1 in parc ferme
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Romain Grosjean, Haas F1 Team, on the grid
Romain Grosjean, Haas F1
Podium: third place Romain Grosjean, Lotus F1 Team
Podium: race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1, Mic
Third place Romain Grosjean, Lotus F1 E23

Romain Grosjean tem 134 corridas Fórmula 1 e em dez delas conseguiu terminar no pódio, mas a mais recente foi na Bélgica, em 2015, com a Lotus.

Desde 2016 na Haas, Grosjean, mesmo tendo excelentes resultados desde sua entrada na F1 dois anos e meio atrás, não tem os meios para lutar pelas primeiras posições.

Recentemente foi perguntado se ele achava que nunca teria chance de correr em uma equipe de ponta, ele disse que estava cético sobre isso, pelo menos a curto prazo.

"Pode ser. Quero dizer, a Ferrari provavelmente vai assinar com Leclerc. A Red Bull usará sempre seus jovens pilotos. A Mercedes tem muitos talentos. Então, sim, enquanto na Fórmula 1 há uma 'Fórmula 1 A' e uma 'Fórmula 1 B' pode muito bem ser que eu nunca vença  uma corrida ou nunca tenha uma chance de ser campeão do mundo", disse o piloto de 32 anos.

"Mas isso é a Fórmula 1 e eu acho que é o mesmo para (Nico) Hulkenberg, mesmo para (Sergio) Pérez, que têm estado aqui por um longo tempo. Tenho a sorte de ter pódios. Olhe para Nico, ele nunca teve um pódio e está na Fórmula 1 há muito tempo."

"Nunca diga nunca, mas há uma diferença... terminamos em quarto lugar na Áustria e ficamos uma volta atrás. Você não consegue nem mesmo estar perto de um bom dia. O que você pode fazer? O que você pode esperar? Esse é o maior problema, as equipes devem estar mais próximas."

A esperança de Grosjean reside na mudança de regulamentos de 2021, que é esperado para alterar a ordem do momento.

"Eu não estou infeliz com minha carreira até agora e eu acho que posso estar na Fórmula 1 por um longo tempo. Eu não me sinto velho e ninguém sabe o que vai acontecer em 2021. Ninguém quer assinar contratos para além de 2020".”

"Então você tem que esperar e ver no que a Fórmula 1 se transformará e se há alguma chance ou qualquer outra coisa. Agora eu sinto que estou em uma boa equipe, muito orgulhoso do que fizemos nos últimos dois anos e meio e acho que temos coisas para fazer juntos", concluiu.

Informções adicionais por James Roberts

Próxima Fórmula 1 matéria
Sainz: Temporada “estranha” não reflete progresso na Renault

Previous article

Sainz: Temporada “estranha” não reflete progresso na Renault

Next article

Chefe da F-E diz que F1 precisaria de permissão para ser elétrica

Chefe da F-E diz que F1 precisaria de permissão para ser elétrica
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Federico Faturos
Tipo de matéria Últimas notícias