Grosjean ouve “cala a boca” no rádio durante GP dos EUA

41,440 visualizações

Após pedir para abandonar nas últimas voltas, piloto francês recebe resposta pouco amigável da equipe Haas

Curiosamente utilizando um capacete alusivo à sua fama de reclamão no rádio (com a frase “I’m not moaning”, que significa “não estou me queixando”), Romain Grosjean ouviu uma crítica desagradável de sua equipe no final do GP dos EUA deste último final de semana.

Após um stint de 39 voltas até o final da prova, o piloto pediu para abandonar a corrida restando pouco para o final. Quando reclamou do estado de seus pneus e pediu para entrar nos boxes, o francês ouviu um “cala a boca” da equipe Haas.

A conversa ainda se desenrolou, e a transcrição abaixo é de Grosjean conversando com dois membros do time.

O piloto terminou o GP em 14º.

Confira:

Romain Grosjean: Cara, o que foi isso? Sério. Eu não sei se eu... acho que deveríamos recolher o carro. Acho que deveríamos recolher o carro. Não há por que chegar ao fim. Posso ver todo o pneu esquerdo (censurado pela FOM). O que estamos fazendo, caras? Sério.

Haas: Cala a boca.

Romain Grosjean: Você não está colocando a sua vida aqui. O pneu acabou completamente.

Haas: OK, cara. Então vamos recolher o carro, vamos abandonar. Box agora. É a última volta de qualquer maneira, cara. Traga o carro lentamente.

Romain Grosjean: Posso ir até a bandeira quadriculada se quiser, mas...

Haas: Sim, vamos passar pela bandeira.

Romain Grosjean: Tudo bem.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias