Gutierrez minimiza críticas e diz que 2ª metade do ano é que importa

Mexicano reclama das "informações imprecisas" que saíram na imprensa nas últimas semanas sobre sua possível saída

Com resultados decepcionantes no ano e uma saúde financeira delicada, a Sauber vive uma época de mudanças e de muitos rumores. Nas últimas semanas, foi anunciada uma nova parceria com investidores russos e um piloto do país, Sergey Sirotkin deve entrar no time em 2014. Já o mexicano Esteban Gutierrez, que não somou nenhum ponto no ano, é colocado praticamente fora do time em 2014. Alguns até duvidavam da permanência de Gutierrez na segunda metade de 2013. Ouvido pelo TotalRace na Hungria, o mexicano fez pouco das notícias.

“Simplesmente sabemos que existem muitas especulações. Creio que não devemos levar em conta essa notícias que realmente não são verdadeiras. Como digo, são muitas pessoas, muitos veículos e isto gera muitas especulações, informações que não são precisas. Isto dá uma instabilidade na comunicação”, minimizou o piloto.

Além de não pontuar em 2013, Gutierrez vem sendo constantemente mais lento que seu companheiro de equipe e já se envolveu em acidentes evitáveis. Mesmo assim, ele permanece confiante. “Neste momento, o mais importante é que nada mudou nesta temporada. Estou focado em fazer um bom trabalho. Toda a carreira de um piloto depende de resultados e é nisto que estou focado”, observou o piloto, que acha que o importante mesmo é andar bem a partir do GP da Bélgica.

“Não importa muito o que eu fiz ou não na primeira metade da temporada. O importante é que eu farei a partir da segunda e, por isto, acho que tenho muito a ganhar e pouco a perder. Estou decidido a vencer e farei todo o esforço para conquistar aquilo que eu sempre quis conquistar em minha vida”, afirmou.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Esteban Gutierrez
Tipo de artigo Últimas notícias