Há 37 anos, atropelamentos marcaram 1º pódio de Mansell

compartilhar
comentários
Há 37 anos, atropelamentos marcaram 1º pódio de Mansell
Por: Daniel Betting
17 de mai de 2018 18:13

Primeiro dos 59 pódios do ‘Leão’ na F1 teve dois atropelamentos de mecânicos, sendo um deles fatal

Podium: race winner Carlos Reutemann, Williams, second place Jacques Laffite, Talbot Ligier Matra, third place Nigel Mansell, Team Lotus
Nigel Mansell, Team Lotus 81B
Podium: third place Nigel Mansell, Lotus 81B
Carlos Reutemann, Williams FW07C
Start: Nelson Piquet, Brabham BT49C leads
Alan Jones, Williams

Há exatos 37 anos, Nigel Mansell conquistou seu primeiro pódio na Fórmula 1, com o terceiro lugar no GP da Bélgica de 1981, que teve argentino Carlos Reutmann (Williams) como vencedor e Jacques Laffite (Ligier) na segunda posição.

Quinta etapa da temporada, o GP da Bélgica de 1981, disputado em Zolder, foi marcado por dois incidentes, um deles fatal. Na sexta-feira de treinos livres, o mecânico Giovanni Amadeo, da equipe Osella foi atropelado pela Williams de Carlos Reutmann na área dos boxes. Amadeo não resistiu aos ferimentos e morreu um dia depois da corrida.

No domingo, Nelson Piquet (Brabham) errou seu lugar no grid e precisou dar mais uma volta de apresentação para alinhar na posição correta no grid. Por causa da demora o motor da Arrows de Ricardo Patrese (quarto do grid) superaqueceu e apagou. Para tentar ligar o motor do carro do italiano, o mecânico Dave Luckett saltou o guard rail e se jogou atrás do carro.

Mesmo com Luckett atrás do carro de Patrese, a largada foi autorizada e alguns pilotos que vinham atrás conseguiram desviar, menos Siegfried Stohr, companheiro de equipe do italiano e que largava da 13ª posição, que bateu na traseira da Arrows de Patrese. O mecânico acabou foi atingido e com o choque quebrou uma perna, mas sobreviveu.

A corrida foi paralisada e, 40 minutos depois, uma nova largada foi autorizada. Logo na relargada, Didier Pironi (Ferrari) assumiu a liderança.

Na nona volta, após uma disputa de posição com Alan Jones (Williams), Nelson Piquet acabou tocado, saiu da pista e abandonou a corrida. Furioso, Piquet foi ao box da Williams para tirar satisfações.

Além de Piquet, o Brasil também foi representado por Chico Serra na corrida belga. O piloto da equipe Fittipaldi largou em 20º e foi um pouco mais longe do que Piquet, até o motor Ford de seu carro apresentar problemas, causando seu abandono na 29ª volta.

Nove voltas mais tarde, foi a vez de Jones abandonar com problemas em sua caixa de câmbio. Com isso, Carlos Reutemann assumiu a liderança até receber a bandeirada quadriculada na primeira posição, com Jacques Laffite em segundo e Nigel Mansell em terceiro.

Este foi o primeiro dos 59 pódios conquistados pelo 'Leão' na Fórmula 1, que ainda se consagraria campeão da categoria em 1992.

Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso explica diferenças na pilotagem entre F1 e WEC

Previous article

Alonso explica diferenças na pilotagem entre F1 e WEC

Next article

Ricciardo: F1 deveria levar os hipermacios a todos os GPs

Ricciardo: F1 deveria levar os hipermacios a todos os GPs
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Daniel Betting
Tipo de matéria Conteúdo especial